Arquivos do Blog

TÂNIA BASTOS – A VEREADORA QUE HONRA O SEU PAPEL.

CAROS AMIGOS E LEITORES,

OBSERVEM ESTA FOTO, ESTA MULHER, ESTA PASSAGEIRA DO ÔNIBUS. VOCÊS A CONHECEM? CASO NÃO A CONHEÇAM LEIAM COM ATENÇÃO O QUE ESCREVEREI ABAIXO:

11742642_878033105579259_1927110290888024145_n

HÁ um tempo atrás escrevi um artigo sobre esta mesma mulher da foto. Falei de uma parlamentar de primeiro mandato, atualmente no segundo mandato ela continua atuante, não esquece dos seus eleitores e nem das demais pessoas que não são seus eleitores.

Para ela ser representante do povo “vereadora” deixa de ser apenas um Cargo e exerce como uma MISSÃO. Ao contrário do que pensam outros políticos que assumem o Cargo e desconsideram ou desconhecem e desvinculam a função do Cargo.

Deve-se aprender a fazer a diferença. Vejam o exemplo: o cidadão que desejar ser candidato nas próximas Eleições Municipais de 2016, concorrerá a um dos Cargos –  Prefeito ou Vereador.

E para se candidatar deverá atender aos seguintes requisitos: ter nacionalidade brasileira, estar filiado em um partido político, ter idade mínima de 18 anos, possuir domicilio eleitoral no município pelo qual concorrerá ao cargo, ter pleno exercício dos direitos políticos. E acrescento ter ficha limpa.

Os vereadores são eleitos juntamente com o prefeito de um município, no qual os vereadores têm a função de discutir as questões locais e fiscalizar o ato do Executivo Municipal (Prefeito) com relação à administração e gastos do orçamento. Eles devem trabalhar em função da melhoria da qualidade de vida da população, elaborando leis, recebendo o povo, atendendo às reivindicações, desempenhando a função de mediador entre os habitantes e o prefeito.

Outra importante atribuição a um vereador é a elaboração da Lei Orgânica do Município. Esse documento consiste numa espécie de Constituição Municipal, na qual há um conjunto de medidas para proporcionar melhorias para a população local. O prefeito, sob fiscalização da Câmara de Vereadores, deve cumprir a Lei Orgânica.

MAS, A TÂNIA BASTOS VAI ALÉM DISSO – ELA É POVO E AGE COMO TAL. CONSTATA A FALHA E PARTE PARA BUSCAR MELHORIAS.

Agora que já sabemos fazer a diferença REGISTRO que é uma honra conhecer e ser amiga da vereadora TÂNIA BASTOS que vocês veem dentro do ônibus, que já esteve na espera de um Hospital Público da Ilha do Governador, recentemente, para ser atendida como o povo. A vereadora Tânia Bastos defende várias causas sociais, é autora de diversas leis e está sempre comprometida pessoal e diretamente com a sociedade como um todo. É extraordinariamente atenciosa no trato com as pessoas sem fazer qualquer distinção. Afirmo, escrevo e assino porque acompanho.

TÂNIA BASTOS!

Guardem este nome e procurem conhecer o trabalho dessa mulher política que merece ocupar o lugar de honra de uma parlamentar que desempenha o seu papel em sua plenitude.

Procurem falar com a vereadora Tânia Bastos e confiram o que escrevo.

Em que pese o cenário político do Brasil e a depressão coletiva que se estabeleceu, considerando a falta de crescimento econômico, o desemprego e todas as demais consequências, é preciso ter certeza e coragem para falar BEM de uma pessoa política.

No entanto, para a vereadora Tânia Bastos o que falei é apenas para chamar a sua atenção e para conhecimento de todos de que no Rio de Janeiro existe uma mulher autêntica no seu papel parlamentar. Nela eu acredito! E recomendo que procurem conhecer a sua história.

TÂNIA BASTOS! ESTE É O NOME!

PARABÉNS TÂNIA! CONTE COMIGO SEMPRE! FICO FELIZ PELA SUA ATITUDE.

Djanira Felipe de Oliveira – Mulher que escreve. Mulher que faz. E sabe o porquê.

Rio de Janeiro, 24 de julho de 2015

 

Anúncios

FUNCIONÁRIOS DOS CORREIOS PROTESTAM NA CIDADE NOVA, CENTRO DO RIO

image002

Protesto é contra rombo em fundo de pensão e desconto nos salários dos servidores da estatal

Rio – Funcionários dos Correios protestaram, no início da tarde desta segunda-feira, em frente à sede da empresa, na Avenida Afonso Cavalcanti, na Cidade Nova, no Centro do Rio. Eles são contra um rombo de aproximadamente R$ 5,6 bilhões no Postalis, o plano de previdência da estatal, que obrigou a empresa a criar um plano de equacionamento do déficit econômico-atuarial acumulado no plano saldado do fundo.

De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura, o tráfego no local chegou a ser parcialmente interditado e motoristas enfrentaram retenções ao longo da via. Não houve registro de confrontos.

Rombo em fundo de pensão corrigido com desconto em salários de servidores

A partir deste mês, servidores dos Correios contribuirão com um quarto de seus salários para o Postalis pelo período de 15 anos e meio. A medida visa repor sanar o déficit no fundo de pensão, controlado pelo PT e PMDB, que foi provocado devido a investimentos suspeitos, de pouca rentabilidade ou que não ainda tiveram repassado ao fundo. Como mostrou reportagem do Estado de São Paulo , também sob influência dos dois partidos políticos, o Funcef, dos servidores da Caixa Econômica Federal (CEF), e a Petros, da Petrboras, contabilizam prejuízos bilionários.

Romário negou apoio para abertura da CPI dos fundos de pensão

Depois de retirado o apoio de sete senadores, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Fundos de Pensão não mais sairá do papel. A maior parte das desistências, seis, veio da bancada do PSB, que recuou em peso.

Em nota divulgada na última quinta-feira pela liderança do partido no Senado, os senadores Romário (RJ), Lídice da Mata (BA), Roberto Rocha (MA), João Capiberibe (AP), Fernando Bezerra Coelho (PE) e Antônio Carlos Valadares (SE) explicam que desistiram de apoiar a investigação “para concentrar forças e energias no bom e eficiente funcionamento das CPIs do HSBC, da Operação Zelotes e do Extermínio de Jovens”.

Na justificativa, a bancada socialista diz que a proliferação de CPIs dispersa o trabalho do Senado Federal, “enfraquece a investigação, desviando as atenções do debate das grandes questões nacionais, como a reforma política e a construção de um novo pacto federativo, o fortalecimento das finanças de estados e municípios, entre outras urgentes questões indispensáveis para a superação da grave crise econômica que aflige no presente a nação brasileira”.

“Estou desolada. Uma CPI dessas é a oportunidade para desvendar o mistério que existe em alguns setores que impactam os interesse da classe trabalhadora. São funcionários de empresas estatais cujos fundos de pensão tiveram, em muitos casos, uma gestão temerária”, disse Ana Amélia (PP-RS), senadora que liderou, junto com o também senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), a coleta de assinaturas para a criação da CPI. De acordo com a senadora, foram feitas aplicações de alto risco que provocaram “prejuízos incalculáveis e irreparáveis a aposentados”.

A senadora gaúcha disse ainda que não conversou com os parlamentares que retiraram assinaturas, nem mesmo com o colega de partido Ivo Cassol (RO), o sétimo entre os que recuaram no apoio. Para ela, o assunto não se esgota com o arquivamento do pedido de CPI, já que continuará sendo discutido em audiências públicas de comissões da Casa.

Além do Postalis, dos servidores dos Correios, a lista de entidades com contas que seriam investigadas com a criação da CPI engloba a Previ, dos servidores do Banco do Brasil; a Petros, dos servidores da Petrobras; e a Funcef, dos empregados da Caixa Econômica Federal.

 

FONTE: O DIA

COMO PAGAR O IPVA 2015 RIO DE JANEIRO

1º PASSO – Acesse o site do Detran-RJ (http://www.detran.rj.gov.br).

2º PASSO – Clique na aba ” Veículos”.

001

3º PASSO – Clique em “IPVA” >>> “Orientações”.

002

4º PASSO – Você vai ser direcionado para o site do ministério da fazenda (http://www.fazenda.rj.gov.br/), clique em “Emissão de GRD”.

003

5º PASSO – Selecione o serviço “GRD – IPVA / DPVAT / Taxa de Licenciamento Anual / Taxa de Emissão CRLV” e clique em continuar.

004

 

6º PASSO – Digite o Renavam do veículo e o código e clique em continuar.

005

7º PASSO – Selecione o “Exercício 2015” e clique em continuar.

006

8º PASSO – Selecione uma das opções e clique em continuar.

007

 

Seu boleto foi gerado, é só imprimir e pagar em qualquer banco até a data de vencimento.

 

 

CONFIRA A TABELA DE VENCIMENTOS DO IPVA 2015 NO RIO DE JANEIRO

2275749

Primeiro vencimento ocorrerá no dia 22 de janeiro.

Saiba como retirar a Guia para Regularização de Débitos (GRD).

A Secretaria de Estado de Fazenda divulgou a tabela de vencimentos do IPVA 2015. A primeira data será no dia 22 de janeiro e abrange o pagamento da cota única e a primeira parcela dos veículos de placa zero. A última data de vencimento será no dia 16 de abril, quando vencerá o prazo para quitação da terceira e última parcela do imposto dos veículos de placa 9.

A Guia para Regularização de Débitos (GRD) estará disponível ao público nos sites da Fazenda e do Bradesco em data que ainda vai ser divulgada. Toda a rede bancária aceitará o pagamento do IPVA fluminense em todos os estados do país. O contribuinte poderá quitar o imposto também pela internet ou telefone de seu banco.

 

FONTE: g1 . globo . com / rio – de – janeiro / noticia / 2014 / 12 / confira – tabela – de – vencimentos – do – ipva – 2015 – no – rio – de – janeiro . html

PAGAMENTO DA TAXA DE INCÊNDIO É ADIADO PARA AGOSTO

bombeiros

 

O pagamento da taxa de incêndio foi adiado de junho para agosto. As novas datas de vencimento divulgadas pelo Corpo de Bombeiros vão de de 11 a 15 de agosto, de acordo com o número final de inscrição do imóvel. De acordo com a corporação, a prorrogação foi motivada pela implantação de um novo sistema de pagamentos, que seria mais moderno e eficiente.

Os valores continuam sendo os mesmos que haviam sido anunciados anteriormente, numa escala que varia de R$ 22,62 a R$ 1.356,98.

Os boletos serão entregues a partir de julho, mas as guias também podem ser obtidas por meio do site www . funesbom . rj . gov . br .

Até a data do vencimento o tributo, é possível efetuar o pagamento em qualquer agência bancária.

O DIA DE SÃO JORGE É COMEMORADO NO DIA 23 DE ABRIL E É FERIADO MUNICIPAL NO RIO DE JANEIRO

sjorge

São Jorge foi um padre e soldado romano no exército do imperador Diocleciano, e é venerado como mártir cristão. São Jorge é um dos santos mais venerados no catolicismo, e ficou imortalizado no conto em que mata o dragão.

O Dia de São Jorge é celebrado por várias nações para quem o santo é patrono, como Reino Unido, Portugal, Geórgia, Catalunha, Bulgária e outros.

Dia de São Jorge é feriado no Rio de Janeiro

O Dia de São Jorge é feriado, mas apenas no município do Rio de Janeiro. São Jorge também é o santo padroeiro do Rio de Janeiro, e são feitas várias celebrações em seu dia, além de várias pessoas terem tatuagens do santo, como forma de adoração.

Origem do Dia de São Jorge

O Dia de São Jorge é celebrado no dia 23 de abril, pois é a data tradicionalmente aceita do falecimento de São Jorge.

 Fonte: www . calendarr . com /brasil/dia-de-sao-jorge/

GUIA SOBRE O PARQUE NACIONAL DA TIJUCA É NOVA FERRAMENTA PARA ENSINO

ENSINO – EDUCAÇÃO

SENSACIONAL ESTA MATÉRIA! A QUALIDADE SURGE COMO UMA LUZ, NA ÁREA DA EDUCAÇÃO, O ENSINO EM CAMPO, O VALOR AGREGADO. VAMOS PROBLEMATIZAR E AUXILIAR AOS ALUNOS NAS ESTRATÉGIAS ATÉ A SOLUÇÃO.  PARABÉNS AOS IDEALIZADORES E AUTORES PELA INICIATIVA. DE CADA  PONTO QUE APARECER IDEIAS E AÇÕES QUE FAÇAM DA NOSSA EDUCAÇÃO ALGO MELHOR,  SERÁ O SINAL DE VERDADE DE QUE ESTAMOS NO CAMINHO CERTO, PORQUE O PRIMEIRO PASSO CERTO, NESTE CASO, JÁ FOI DADO.

DJANIRA FELIPE DE OLIVEIRA – MULHER QUE ESCREVE. MULHER QUE FAZ. E SABE POR QUÊ.                                  

O Parque Nacional da Tijuca possui 3.953 hectares e é visitado anualmente por cerca de dois milhões de pessoas.

                                      Foto: Thiago Haussig 

floresta

Danielle Kiffer  

Ele tem 3.953 hectares de área,o equivalente a 3,5% da área municípiodo Rio de Janeiro; é visitado, anualmente, por cerca de dois milhões de pessoas, entre cariocas, turistas estrangeiros e de outros estados; abriga um dos pontos turísticos mais notórios da cidade: o Cristo Redentor. Estamos falando do Parque Nacional da Tijuca, um pequeno fragmento da Mata Atlântica, em pleno centro urbano, que agrega em sua extensão grande biodiversidade de fauna e flora, além de ser riquíssimo em fatos históricos e arte. Aproveitando essa multidisciplinaridade natural, Andréa Espínola de Siqueira, professora do Instituto de Biologia Roberto Alcântara Gomes (Ibrag) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), desenvolveu – com mais 12 professores e pesquisadores dos mais diversos campos de estudo, desde biologia, geografia, história a artes, de várias universidades – o Guia de Campo do Parque Nacional da Tijuca, livro eletrônico que traz uma espécie de roteiro, voltado principalmente a professores e estudantes da educação básica. Nele, o Parque Nacional da Tijuca passa a ser um local para aulas externas, em que podem ser observados e abordados vários pontos importantes. Para sua criação, o guia recebeu subsídios do programa de Apoio ao Material Didático para ensino e pesquisa, da FAPERJ. “Apesar de ser o menor do Brasil, como se trata de um local ímpar, reduto de patrimônio histórico e cultural, o Parque Nacional da Tijuca é o mais visitado. Por isso, não queríamos que o guia parecesse um livro didático, mas que proporcionasse uma leitura leve, entretendo ao mesmo tempo em que informa”, afirma Andréa. O material pretende tirar o máximo de aproveitamento da visita ao parque, estimulando nos jovens a cidadania e o debate sobre questões socioambientais. “Acredito que se deve entrar na floresta como quem folheia as páginas de um livro. Os assuntos são muitos e as possibilidades, infinitas. Tomando-se como ponto de partida a Trilha dos Estudantes, ao entrarmos na floresta, um mundo novo se abre e os alunos podem ver e sentir na prática temas que, se abordados em sala de aula, poderiam parecer desinteressantes ou mesmo monótonos. Trata-se de um local rico, resultado de um processo que levou anos para se consolidar, a partir da iniciativa pioneira e visionária do imperador D. Pedro II”, comenta Lucio Meirelles Palma, coordenador de Monitoria Ambiental e do Voluntariado no Parque Nacional da Tijuca.

A relação entre a vegetação e a temperatura, o cheiro característico e a importância da mata são alguns dos temas abordados no guia, com notas para o professor destacar a seus alunos. Entre eles, a própria história da formação da floresta, que, no início do século XIX, estava devastada pela cafeicultura e pelas plantações de cana-de-açúcar e pela retirada da madeira para construção. As consequências desse desmatamento não tardaram, afetando os mananciais hídricos e prejudicando o abastecimento de água da cidade. Para reverter essa situação, o imperador D. Pedro II, em 1861, por meio do decreto imperial, mandou reflorestar as áreas das florestas da Tijuca e das Paineiras. Estima-se que ao longo de 13 anos tenham sido plantadas cerca de cem mil árvores, primeiramente por seis escravos – Eleutério, Constantino, Manuel, Mateus, Leopoldo e Maria –, e mais tarde com a ajuda de 22 trabalhadores assalariados.

Nesse contexto, há, por exemplo, um link para que os professores questionem os alunos sobre qual a relação entre desmatamento e a redução do volume de água dos rios da região no começo do século XIX. Os professores são instruídos a reforçar pontos específicos, como o fato que a mata protege os mananciais contra assoreamento, ou seja, que os rios sejam obstruídos por sedimentos ou detritos levados pelas chuvas.

Uma espécie de Rubiaceae, que pode ser vista na  trilha da floresta. O café faz parte dessa família

Foto: Ana Maria Donato

rubi1

Com espécies de grande interesse farmacológico, medicinal, ornamental e alimentício, a flora de Mata Atlântica que compõe a floresta é internacionalmente reconhecida como uma das mais ricas e diversificadas do planeta. Segundo a bióloga Ana Maria Donato, uma das autoras do guia e professora da UERJ, na Trilha dos Estudantes podem ser encontradas plantas bastantes presentes em nosso cotidiano, como algumas Rubiaceae, nome da família botânica da qual faz parte o popular café. E também diversas Bromeliaceae, família cujos representantes têm folhas alongadas e organizadas em roseta, formando um reservatório onde se acumula água da chuva em sua base. “O abacaxi pertence a essa família, além de numerosas espécies de grande valor ornamental, típicas da Mata Atlântica e em muitos casos encontradas exclusivamente nesse bioma”, explica Ana Maria.

Outro coautor do livro, Alexandre Justino Soares trabalha no Centro de Visitantes do Parque Nacional da Tijuca (ICMBio) há 11 anos e também é professor de Artes na rede municipal de ensino de Nova Friburgo. Ele ainda se encanta com a imensa diversidade de animais na área e a integração local entre fauna e flora. “Às vezes, presenciamos macacos-prego bebendo água diretamente de bromélias, algumas das quais podem alcançar até três metros, abrigando em seus vãos sapos, rãs e pererecas”, conta. Mas Alexandre ressalta: “Apesar de a bromélia ser depósito de água parada, na floresta ela não é foco de mosquito da dengue, porque num ambiente equilibrado os próprios animais fazem o controle biológico da espécie transmissora da Dengue, que se prolifera com mais incidência em ambientes domésticos”. O professor fala ainda sobre o ipê, cuja casca do tronco, segundo ele, é ótimo adstringente para machucados. “Os animais mastigam a casca da árvore e a colocam sobre suas feridas.” Para o professor, uma de suas aves prediletas é o tangará-dançarino, que além da grande variedade de cores em suas penas ganhou esse nome pela exótica dança de acasalamento que executa. “É um emocionante espetáculo da natureza, que pode ser admirado por qualquer pessoa”, exclama.

Andréa e equipe pretendem lançar em 2014 a versão impressa e ampliada do guia, trazendo informação sobre uma trilha, adaptada especialmente para visitantes que usem cadeira de rodas e para aqueles com deficiência visual, em que os pontos de interesse estão indicados em placas informativas em braile. “Pretendemos promover a inclusão também à natureza, a esse reduto tão rico de história e cultura”, finaliza Andréa. O livro completo pode ser baixado diretamente na página oficial do Parque Nacional da Tijuca (http://www.corcovado.org.br/) ou na página do Instituto de Biologia da UERJ (http://www.biologiauerj.com.br/) .

Fonte:  http://www.faperj.br/boletim_interna.phtml?obj_id=9624

© FAPERJ – Todas as matérias poderão ser reproduzidas, desde que citada à fonte.

Colaboração: Adolpho Ladeira – Analista de Mercado

APLICATIVOS ADICIONAM NONO DÍGITO A NÚMEROS DE CELULAR DO RJ E DO ES

Ilha-Solteira-terá-nono-digito-a-partir-deste-domingo-1

Apps incluem dígito 9 em contatos com DDDs 21, 22, 24, 27 e 28.

A partir de domingo (27), celulares do RJ e do ES terão nove dígitos.

A partir de domingo (27), todos os números de telefonia celular do Rio de Janeiro e do Espírito Santo terão nove dígitos. Para facilitar a transição, aplicativos de smartphone que já adaptavam contatos de São Paulo se atualizaram para contemplar as agendas dos dois novos estados afetados pela regulamentação.

Todos os números com código DDD 21, 22 e 24 (RJ) e 27 e 28 (ES) precisarão acrescentar o dígito 9 no início da sequência de algarismos.

As chamadas com oito dígitos serão completadas até o dia 5 de novembro. Daí em diante, as operadoras não serão mais obrigadas a efetuar ligações sem o dígito 9. No entanto, uma mensagem de voz irá informar aos clientes sobre a sua necessidade.

A capital São Paulo e cidades da região metropolitana com DDD 11 adotaram o nono dígito em 2012. Em agosto deste ano, foi a vez do interior paulista (DDDs 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18 e 19).

Veja alguns aplicativos de smartphone que já estão atualizados para acrescentar o nono dígito a números de telefonia celular do RJ e do ES:

Slide1

Slide2

Slide3

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/tem-um-aplicativo/noticia/2013/10/aplicativos-adicionam-nono-digito-numeros-de-celular-do-rj-e-do-es.html

 

GRUPO SOLIDÁRIO AMIGOS PARA SEMPRE

gruopo_so..final 10042013

O “GSAPS”

Definição – O Grupo Solidário Amigos Para Sempre do Rio de Janeiro, designado nesta matéria simplesmente “GSAPS”, é um grupo de amigos, que a partir de experiências vividas, em 2012, decidiram ser solidário entre si, e a partir de 2013, desenvolverem ações em prol do bem comum, gerando uma corrente do bem, sempre que houver benfeitor e beneficiado. O “GSAPS” não tem pretensões de fins lucrativos ou econômicos.

Sua composição inicial é de pessoas que se encontraram pelas circunstâncias da vida, e têm formações em diversas áreas, pela capacidade de coesão, comunhão de ideais e pelo espírito de servir. Pessoas que acreditam no poder de fazer a diferença, pela vontade de fazer o bem pelo bem. E conta desde o inicio com o apoio e parceria da conceituada Revista do Grande Meyer – Representada pelo respeitado Sr. Santos Máximo e pelo Editor Jornalista Marco Máximo, que abraçou a criação do “GSAPS”, e sensibilizado pela intenção sincera do conceito de se fazer o bem pelo bem, integrou-se ao Grupo, e muito nos honra, pela sua competência e participação.

O “GSAPS” Considera o dever de compartilhar o conhecimento, como principio de igualdade. E pretende gradativamente transformar problemas em oportunidades de utilizar suas potencialidades em benefício do próximo.

Os objetivos principais: Transformar as experiências em ações para promover a melhoria entre si e a sociedade, a partir da identificação das diferentes realidades; Provocar o potencial transformador e o espírito de servir das pessoas para com o próximo e; Estabelecer parcerias com entidades públicas e privadas para o atendimento às demandas apresentadas, dentro de suas possibilidades.

Público Alvo e Participante do Grupo: Toda pessoa que acreditar e aderir ao “GSAPS” – Grupo Solidário Amigos Para Sempre.

Método de Atuação: Neste momento, à atuação do “GSAPS”, ocorre a partir da apresentação de uma não conformidade que cause uma interação do Grupo com Pessoa Física, Instituições Públicas ou Privadas em busca da solução.

À medida que evoluir, a ideia é a de que, além das ações imediatas, iniciará a criação e o desenvolvimento de atividades e projetos de caráter beneficente, educativo, e cultural, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade religião e quaisquer outras formas de discriminação. E visará à ascensão humana solidária e fraterna, em todas as suas atividades e realizações. Além disso, provocar no cidadão o potencial transformador e o espírito de solidariedade para com o próximo. Assim é o “GSAPS”!

Adm. Djanira Felipe de Oliveira – Mulher que escreve. Mulher que faz.

PRB MULHER MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO INICIA CICLO DE EVENTOS COM PALESTRA SOBRE LIDERANÇA DA MULHER

 

OSCAR NIEMEYER MORRE AOS 104 ANOS, NO RIO DE JANEIRO

1328899921_1296050707_000fc2cf

O arquiteto Oscar Niemeyer, 104 anos, morreu nesta quarta-feira, dia 5, às 21h55, no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, onde estava internado desde o dia 2 de novembro. Ele completaria 105 anos neste mês.

O boletim médico divulgado hoje pela instituição médica informava que o arquiteto teve uma piora por conta de uma infecção respiratória e seu estado de saúde era grave. De acordo com o hospital, Niemeyer respirava por aparelhos e encontrava-se sedado por causa da infecção respiratória.

Niemeyer foi internado três vezes neste ano. A primeira em maio, quando o arquiteto deu entrada no mesmo hospital com desidratação e pneumonia. Depois de 16 dias internado e passar pela UTI, recebeu alta.

No dia 13 de outubro, o arquiteto voltou à instituição médica após apresentar um quadro de desidratação, ficando internado por duas semanas. No dia 2 de novembro, voltou ao hospital seis dias depois de ter recebido alta com um quadro de desidratação. No dia 19, após uma nova hemorragia digestiva, o arquiteto foi submetido a tratamento de hemodiálise e fisioterapia respiratória.

Oscar Niemeyer deixa a esposa, Vera Lúcia Cabreira, e uma filha de outro casamento, Anna Maria.

Vida e obra

O célebre arquiteto Oscar Niemeyer nasceu no Rio de Janeiro no dia 15 de dezembro de 1907, filho de Oscar Niemeyer Soares e Delfina Ribeiro de Almeida e passou grande parte da vida em uma casa no bairro Laranjeiras. Em 1928, aos 21 anos, se casou com Annita Baldo, relacionamento que durou até a morte da mulher, em 2004.

Niemeyer ingressou na Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro em 1929 e escolheu a arquitetura por gostar de desenhar desde criança. No período de estudo, até 1934, conheceu figuras importantes da arquitetura brasileira, como Hélio Uchôa, Carlos Bittencourt, Milton Roberto, João Cavalcanti e Fernando Saturnino de Brito.

O arquiteto iniciou sua carreira profissional em 1932, no escritório de Lucio Costa e Carlos Leão e foi a convite do primeiro que ele realizou uma viagem a Nova York para participar do projeto Pavilhão Brasil. A partir daí, Niemeyer se tornou um arquiteto conhecido e respeitado no mundo inteiro.

No ano de 1940, conheceu Juscelino Kubistchek, então prefeito de Belo Horizonte, que o convidou para desempenhar o projeto do Conjunto da Pampulha. Anos mais tarde, em 1956, depois de JK ser eleito presidente do Brasil, Niemeyer é convidado para desenvolver o projeto de construção de Brasília, a nova capital do país.

Durante toda sua carreira, Niemeyer participou de encontros e exposições de arquitetura e foi convidado a desenvolver projetos em várias partes do mundo, como a sede da ONU, em Nova York, ao lado de outros arquitetos de renome. Ele ainda fez projetos na Argélia e na França, além de criar uma linha de mobiliários.

Niemeyer também foi coordenador da Escola de Arquitetura da Universidade de Brasília, entre 1962 e 1965, quando deixou o cargo em protesto contra o Golpe Militar. Membro do Partido Comunista, o arquiteto logo sai do país e vai morar na França.

Com o tempo, exposições sobre ele e seu trabalho começaram a surgir, tanto no Brasil como em outras partes do mundo – Nova York, Turim e Veneza, por exemplo. Além de livros lançados, tanto por ele como sobre ele. Ao longo de sua carreira, foi condecorado com o Prêmio Prit (Prêmio Pritzker de Arquitetura), em Chicago, em 1988, e com o Prêmio Príncipe de Astúrias, na Espanha, em 1989.

Já em 1996, recebeu o Prêmio Leão de Ouro da Bienal de Veneza e, em 1998, foi agraciado com a Royal Gold Medal, concedida pelo Instituto Real dos Arquitetos Britânicos (RIBA). Em 2004 foi homenageado com o Prêmio Imperial, oferecido pela Associação de Arte do Japão. Em 2007, foi a vez de Lula entregar uma medalha do Mérito Cultural a Niemeyer, em reconhecimento à sua contribuição para a cultura brasileira. No mesmo ano, o ilustre arquiteto recebeu o título de Comendador da Ordem Nacional da Legião de Honra.

Depois de 80 anos de carreira, Oscar Niemeyer deixa sua arquitetura inconfundível como legado em todo o país, em cidades como Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, entre outras. “Minha arquitetura não aceita compromissos, que visa à beleza e à invenção, sem cair em pequenos detalhes, atuando, isto sim, nas próprias estruturas, nas quais se insere e se exibe desde o primeiro traço”, disse.

Fonte: http://pop.com.br/popnews/noticias/brasil/Niemeyer-morre-aos-104-anos-876658.html?gclid=CK-Qze2mhrQCFQ0GnQodWBoAAg

DJANIRA FELIPE E OS AMIGOS PARA SEMPRE!

AMIGOS PARA SEMPRE

É O NOME QUE FOI ATRIBUÍDO AO GRUPO DE AMIGOS DE DJANIRA FELIPE.

SEJA UM DOS NOSSOS AMIGOS PARA SEMPRE

DESTAQUE PARA O NOVO ENCONTRO DAS AMIGAS DJANIRA FELIPE, DÉBORA DIAS GOMES E BERA AURORA.

 

Queridos Amigos, para DJANIRA FELIPE que é uma apaixonada pela Educação, o nome da sua Amiga DÉBORA DIAS GOMES é sinônimo de Excelência na Gestão da Educação. E, hoje aconteceu mais um encontro, no qual as três amigas para sempre aproveitaram para trocar ideias e realimentar as energias para praticar ações em busca dos sonhos. Avaliar os planos, ainda é a melhor forma de caminhar juntos em busca do mesmo objetivo.  

A grande tirada desse e de outros encontros é a certeza de jamais desistir dos sonhos, apenas Adiá-los quando necessário.

Todo ser humano sentir-se-á transformado após vivenciar em grupo, principalmente, uma experiência em prol do bem comum.

Registro os meus sinceros agradecimentos às amigas Débora e Bera pelos agradáveis momentos. E vamos em frente! Atravessamos a primeira ponte, mas a caminhada continua.

Vozes ecoam e com certeza serão ouvidas!

Abraços Fraternos,

Djanira Felipe

 Rio de Janeiro, 26 de novembro de 2012.

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: