Arquivos do Blog

VOTOS DE FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!

Feliz Natal

Anúncios

FELIZ NATAL

 

natal

FELIZ NATAL!

Feliz-Natal-de-Djanira-Felipe

GARANTA SEUS DIREITOS NAS COMPRAS DE NATAL

13405378511773405280-CodigoDoConsumidor

Se o fim de ano é sinônimo de aumento no faturamento no comércio por conta do Natal, também é comum nessa época um crescimento na quantidade de reclamações no Procon e nos escritórios de advocacia. Segundo a advogada Viviane Flores, especialista em direito do consumidor, alguns cuidados simples, que a maioria das pessoas desconhece, podem evitar uma série de problemas.

1) Para garantir o direito à substituição, o consumidor precisa exigir que essa informação conste na nota fiscal ou recibo de compra, especificando eventuais restrições, como dia da semana em que a troca poderá ser efetuada, prazo, condições da embalagem;

2) As lojas não são obrigadas a efetuar troca de produtos se não houver defeitos (vícios). O consumidor deve entrar em contato com o fornecedor ou assistência técnica autorizada para solucionar o problema;

3) Quando um produto durável apresentar vício aparente, de fácil constatação, o prazo para reclamar é de até 90 dias. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, o fornecedor terá 30 dias para solucionar. Se a questão não for resolvida nesse período, o comprador poderá escolher entre a troca do produto por outro em perfeitas condições de uso, o desconto proporcional do preço, ou a devolução da quantia paga, monetariamente atualizada;

4) Em caso de atraso ou entrega de produto diferente, o consumidor pode aceitar outro produto, prestação de serviço equivalente ou a devolução do valor pago atualizado. Até a solução definitiva, o Procon-SP aconselha a realização do pagamento, para que o seu nome não sofra nenhum tipo de apontamento e cadastros no SCPC ou Serasa, segundo a advogada;

5) Nas compras pela internet, telefone e catálogo, o Código do Consumidor garante o retorno imediato dos valores pagos pelo produto que apresente defeitos ou que seja diferente do que foi apresentado, com correção monetária;

6) A lei também resguarda o direito de desistir da compra dentro de um prazo de até sete dias, sem justificativa. Vale lembrar que essa lei não vale para produtos adquiridos dentro do estabelecimento comercial. Neste caso, o consumidor pode analisar visualizar, palpar, e experimentar, portanto, a troca só é garantida em lei quando existem defeitos.

 Fonte: http://blogs.estadao.com.br/no-azul/2012/12/10/garanta-seus-direitos-nas-compras-de-natal/

COMPRAS DE NATAL SERÃO FEITAS PELA INTERNET POR 70% DOS CONSUMIDORES

compras-pela-internet

Para consultoria, dados indicam que o Brasil está se aproximando de um perfil de compra semelhante ao de países mais desenvolvidos

As compras para o Natal deverão ser realizadas pela internet por 70% dos consumidores das classes A, B e C, segundo pesquisa da consultoria Deloitte, realizada pela internet em novembro, com 750 pessoas, com renda familiar entre R$ 650 e R$ 8.000. Em 2011, a expectativa de compra pela internet foi menor, de 21%, de acordo com pesquisa da época.

Segundo o sócio-líder de atendimento varejista da Deloitte, Reynaldo Saad, os dados indicam que o consumidor no Brasil está se aproximando de um perfil de compra semelhante ao de países em que os aparelhos móveis, como celulares e tablets, são mais difundidos, como nos Estados Unidos, e facilitam as compras. “Hoje a população brasileira tem acesso multicanal. Ele pode usar simultaneamente lojas físicas e virtuais”, disse.

A pesquisa mostrou que a maioria dos clientes on line responderam que usarão portais na internet de lojas físicas (66%). Em seguida, foram citados sites de fabricantes (58%), sites de compras coletivas (39%) e leilões virtuais (7%). As transações por meio de tablets e outros dispositivos móveis representam 37% das intenções de compra pela internet. No ano passado, 54% dos consumidores pela internet procuravam sites de lojas de departamento e 50%, sites de compra coletiva.

A pesquisa concluiu que “o brasileiro está mais ativo e consciente durante as compras”, segundo estudo divulgado hoje (29) pela Deloitte. Uma indicação disso é o fato de 21% dos entrevistados terem respondido que pretendem usar as redes sociais para a decisão de compra. A pesquisa também mostrou que 81% dos consumidores declararam que leriam recomendações de outros usuários sobre o produto antes de decidir comprar, contra 64% no ano anterior. Cresceu também o número de consumidores que fará pesquisa de preços, de 59% em 2011 para 72% neste ano. E também de compartilhamento de links, que subiu de 15% para 35%, no mesmo período.

A primeira semana de dezembro, quando ocorre o pagamento do 13º salário, deverá ser o principal período de aquisições na internet nesta temporada de compras. Os presentes mais citados entre os entrevistados foram vestuário (80%) e sapatos (49%). Aparelhos eletrônicos portáveis e equipamentos móveis de informática, agrupados, respondem por 26% das intenções de compras.

Fonte: http://economia.estadao.com.br/noticias/economia%20geral,compras-de-natal-serao-feitas-pela-internet-por-70-dos-consumidores,136425,0.htm

ESTOU EM PAZ

FELIZ NATAL

A TODOS OS AMIGOS E LEITORES DO BLOG.  RESOLVI POSTAR O MEU DESEJO DE BOAS FESTAS COM UMA POESIA DE MINHA AUTORIA COM TODO O MEU CARINHO. TENHAM UM NATAL DE PAZ! 

%d blogueiros gostam disto: