Arquivos do Blog

À DRA. DEISI BORGES LEAL – MINHA HOMENAGEM ABERTA

Olá amigos,

Há muito não realizo postagens nesse canal de comunicação com vocês, mas espero hoje estar trazendo uma mensagem que chegue aos corações e alma  daqueles que pensam como eu pensava.

Eu poderia dizer Feliz Dia do Psicólogo ou pesquisar uma mensagem pronta e postar. Mas seria ingratidão e apagar uma parte da minha história. Tenho motivos para me permitir escrever uma mensagem especial porque passei boa parte da vida sem acreditar na eficácia dos serviços do profissional psicólogo. Lembro-me que falei várias vezes para uma amiga: – Você joga dinheiro fora, Psicólogo não vai resolver os seus problemas.

No momento da perda da minha mãe fiquei mal. Precisava reconstruir a minha estrutura abalada. A impressão que eu tinha era que tudo estava fora do lugar em mim, como uma casa desarrumada.

Em que pese a minha resistência em ser atendida por um Psicólogo foi esse o caminho. Por isto é tão importante eu escrever em homenagem à Dra. DEISI BORGES LEAL, pelo seu dia e ampliar a homenagem a todos os Profissionais Psicólogos. Ela é um presente de Deus na vida de qualquer pessoa que a conheça e seja auxiliada por ela. Tanto que fiquei seis anos, embora não houvesse a necessidade, mas me fazia bem conversar e ouvir os seus apontamentos. Verifiquei que realmente ela não resolveu os meus problemas, mas tenho CERTEZA de que SEM a sua ajuda não estaria hoje a escrever esta homenagem ou outra coisa.

Então DRA. DEISI receba os meus sinceros cumprimentos e a minha gratidão por tudo que fez por mim. Na verdade retirou-me do umbral e transcendeu as atividades de competência de uma Psicóloga. Com esta atitude ocasionou a quebra do paradigma, ou seja, a descrença que havia em mim sobre o profissional dessa área.

Por fim deixo a dica fundamental para pessoas que precisem fazer análise: Não resistam! Percebam no primeiro contato se há uma conexão, afinidade e confiança estabelecida entre você e o Psicólogo (a) porque caso haja não procure outro. Foi assim comigo. Credibilidade no primeiro contato via fone. Na verdade naquele momento Deus me presenteou com a melhor profissional que eu poderia conhecer. Hoje sinto saudades da Dra. Deisi, mas tão logo seja possível ir ao Rio de Janeiro, certamente irei vê-la e dar um abraço fraterno e poético.

Vamos Parabenizar e Respeitar o trabalho do Psicólogo! Não esperem milagres eles são pessoas também. Salvam Vidas! Ajudemos a eles para que possam nos ajudar. É assim que funciona.

Abraços Fraternos e poéticos aos seus corações.

Djanira Felipe – mulher que escreve, faz e sabe o porquê.

Anúncios

SONETO DO CHÁ

Amigos Leitores,

Este Soneto do Chá foi escrito a partir de uma conversa com o meu novo amigo, Raphael. Ele disse que aprendeu que a palavra Chá é estratégia. O tema era Atendimento ao Cliente, o qual faz parte da minha vida. Pronto! Escrevi o SONETO DO CHÁ e compartilho com vocês.

Djanira Felipe – Mulher que escreve. Mulher que faz. E sabe o porquê.

SONETO DO CHÁ

 

Mais duas creches são inauguradas com nome de vítimas de Realengo

Igor Moraes da Silva e Karine Lorraine de Oliveira foram homenageados.

Outras duas creches já levam o nome de vítimas da Tasso da Silveira.

Do G1 RJ

Creche homenageia vítima de ataque em Realengo (Foto: Divulgação/ Sec. municipal de Educação)Aluna ferida no ataque, ao centro, participa de
inauguração de creche (Foto: Divulgação/ Sec.
municipal de Educação)

Mais duas creches com o nome de crianças assassinadas na tragédia da Escola municipal Tasso da Silveira foram inauguradas nesta quinta-feira (21), no Rio. O Espaço de Desenvolvimento Infantil  (EDI) Igor Moraes da Silva foi inaugurado na comunidade Mata Machado, no Alto da Boa Vista, na Zona Norte, e o EDI Karine Lorraine Chagas de Oliveira, em Honório Gurgel, no subúrbio.

A secretaria municipal de Educação, Cláudia Costin, acompanhou as cerimônias, além de parentes e amigos dos dois alunos homenageados.

A estudante Thayane Tavares, que ficou ferida no ataque e teve alta no dia 14 de junho, muito emocionada, também participou do evento. Ela chegou a correr o risco de ficar paraplégica, mas já recuperou a sensibilidade dos membros inferiores e consegue contrair os músculos de uma das pernas.

Em maio, a prefeitura homenageou a jovem Samira Pires Ribeiro ao inaugurar uma creche em Guaratiba, na Zona Oeste, com o nome aluna. A segunda creche, em homenagem a Ana Carolina Pacheco da Silva, foi inaugurada em junho na Cidade de Deus, também Zona Oeste.

O EDI Karine Lorraine vai atender 150 crianças na creche e outras 50 na pré-escola, enquanto que o EDI Igor Moraes tem 100 vagas para creche. Os dois espaços, que vão atender crianças de 6 meses a 5 anos e 11 meses, contam com salas de atividades, berçários, sala de primeiros atendimentos e brinquedoteca, com um acervo de livros específicos para a primeira infância.

Como Administradora recomendo esta entrevista: Dr @RubensTeixeira – Economia, os juros e os financiamentos

%d blogueiros gostam disto: