Arquivos do Blog

APRESENTO MAIS UM CONTO

AMIGOS LEITORES,

Após quase dois meses estou de volta ao nosso convívio virtual.

20160904_134524
Recebi ontem, via Correios, aqui em Fortaleza os exemplares da Antologia de CONTOS – Livro de Ouro 2016, que foi definida na orelha da capa pela CBJE, minha Editora, assim: “A seleção de contos de autores que representam o que há de mais puro e autêntico na atual Literatura Brasileira”. Nessa antologia está publicado um conto da minha autoria – “A casa à frente do jardim” que publicarei para vocês nos meus canais de comunicação da web e também na minha Escrivaninha no Recanto das Letras. Agradeço desde já os comentários que escreverem e entenderei como um incentivo. Recebam a minha gratidão.

Abraços Fraternos e Poéticos aos seus corações.

Djanira Felipe de Oliveira – Mulher que escreve. Mulher que faz. E sabe o porquê.

O CONTO

A CASA À FRENTE DO JARDIM

minilalb

Djanira Felipe de Oliveira

Basta um simples olhar para perceber que a casa grande rodeada pela varanda construída em formas de arcos que circulam toda a sua extensão a tornou cenário agradável para uma boa conversa, sobretudo, durante à tarde. Há um espaço enorme da casa até o muro, lugar no qual existe cuidadosamente um lindo jardim.

Ah! Como eu gostaria que o mundo fosse um lindo e imenso jardim! Como me encanta essa paisagem! Dizia um hóspede apreciando o cenário externo enquanto inspirava o ar puro com cheiro de terra.

A casa é histórica situada na principal rua de uma aconchegante cidade pequena de interior. Sempre muito bem frequentada por pessoas da alta sociedade, políticos, artistas e também por pessoas não abastadas de origem humilde. Essas últimas são carinhosamente recebidas pela anfitriã, uma dama de semblante sereno e que aparenta uma calma que penetra na alma dos que chegam lá.

A casa tem um toque especial não somente pela localização à frente do jardim, mas porque ali residem todos os tipos de sentimentos que foram tatuados nos corações das pessoas de tal forma que por vezes de tanta delicadeza poderiam ser tomadas por flores – orquídeas, lírios e alecrins, se não fosse pelas características que as diferem.

O sol se faz presente num misto de forte e brando. Forte pelo clima da região e brando em respeito às finas flores. O luar surge após a partida do sol. Passa calmamente enquanto uma leve brisa realça a beleza das umedecidas e diversificadas plantas, folhas e rosas. É como se mensagens fossem expressas ao ar para espalhar um perfume inigualável.

Um ambiente silencioso sem sentimentos ruins, onde há muito a Benignidade impera, embora no decorrer da história entre as perdas e vitórias, a anfitriã, Camélia, consiga sobrepor ao estresse uma luz de esperança a sua dor e transformá-la em prece, e pelo que parece manter a harmonia num ambiente onde existem situações antagônicas como a vida em plena consciência e o pulsar do inconsciente. É a presença da morte rondando no dia a dia.

A casa à frente do jardim é a casa da bisa, da vovó, da mamãe, da titia, da madrinha.  Ela como referencia também poderá ser a minha, a sua ou a da vizinha. Perceba a paz da casa à frente do jardim!

 

 

Anúncios

BOM SABER

print
Muito bom sinal! Bom Saber!  

No gênero “Poesia”, no site da conceituada Livraria Cultura no Rio de Janeiro, o meu Livro Viajante do Universo é o único na Galeria dos “Recentemente Vistos”. 

Fiquei feliz pela primeira estrela que surgiu para sinalizar a vinda das outras quatro que será uma constelação. 
Visitem o  site: http://www.livrariacultura.com.br/busca?N=102831&Ntt=poesias  e deem uma olhada.
Abraços Fraternos e Poéticos aos seus corações.
Djanira Felipe – Mulher que escreve, faz e sabe o porquê.

PROJETO REUNIU POETAS E LEITORES EM COPACABANA

vivercommaispoesia

minilalbDjanira Felipe/Escritora e Poeta, Acadêmica Titular da Litteraria Academiae Lima Barreto – Cadeira 65, participa da Primeira Edição do Projeto Viver com mais Poesia. Confiram! As fotos do evento, via links abaixo do texto.

Caros Amigos Leitores,

A vida é a arte de vencer os medos. É o labirinto que guarda segredos que  a gente não consegue desvendar, mas para o escritor vencer os medos é fator de inspiração e viver com mais poesia é viver como o poeta. Costumo dizer que: – Ser Poeta é ter a capacidade de transcender os limites dos sentidos limitados e enxergar o mundo pelo olhar da alma (Djanira Felipe)

Um privilégio ser convidada a participar da Primeira Edição do Projeto Viver com mais Poesia com a minha Editora e fazer parte desse Universo Literário, no qual se faz necessário uma integração e parceria dos autores e editores, autores e autores e também editores e editores para construirmos Um Mundo Melhor – Isto significa  defender mais do que o próprio interesse. Significa respeitar o próximo. Significa tratar pessoas como pessoas e não como coisas. Significa compartilhar sonhos, significa, sobretudo, crescermos juntos com respeito e solidariedade. Construir Um Mundo Melhor, em essência, é transformar realidades em prol do bem comum.

Agradecimentos sinceros aos amigos Luiz Carlos Martins e Georges Martins pela extraordinária oportunidade e pelo reconhecimento.  Contem comigo sempre!

Djanira Felipe de Oliveira – Mulher que escreve. Mulher que faz. E sabe o porquê.

http://www.camarabrasileira.com.br/vivercommaispoesia2015.h…
http://www.camarabrasileira.com.br/

%d blogueiros gostam disto: