Arquivo da categoria: Lazer

LANÇAMENTO DO LIVRO VIAJANTE DO UNIVERSO – 30/09/2014

Anúncios

CRIVELLA É A CERTEZA DA MUDANÇA!

DENNY : A LINDA E INOVADORA BICICLETA URBANA ‘TUDO-EM-UMA’!

Essa bicicleta definitivamente é uma das mais alucinantes que eu já vi na vida e você provavelmente vai concordar comigo! Me refiro à DENNY, fruto de um design colaborativo entre TEAGUE e Sizemore. O projeto foi o vencedor da Oregon Manifest, Bike Design Project, uma competição de design que associa cinco estúdios de altíssimo nível com artesãos americanos de bicicleta para criar a solução definitiva em bikes urbanas. Eles conseguiram impressionar os jurados com o engenhoso guidão que se transforma em trava, sistema exclusivo de para-lamas, câmbio automático e estilo moderno.
A inspiração veio da diversidade e a imprevisibilidade da cidade de Seattle. Do câmbio automático com assistência para a pedalada à iluminação reativa – além da trava integrada e a redefinição do pára-choque -foi criada a mais completa experiência possível em bicicletas. Com isso, DENNY é a solução “tudo-em-uma” que atende segurança e às importantes necessidades de conveniência. Em última análise, a bicicleta DENNY nasceu a partir de uma premissa simples: “uma bicicleta que remove as barreiras para as pessoas tornarem-se pilotas de todos os dias”.
Esta maravilha muito em breve será produzida pelo parceiro de desenvolvimento, Fuji Bikes. Ainda não há estimativa de custos para produção e venda, mas quem é fã de uma boa pedalada certamente vai querer uma dessas.
“Tudo incluído – Apenas pedale”
Só sei de uma coisa: EU QUERO!!! Confira:
Características de segurança:
Guidão removível que vira trava, com sistema de parada rápidaCaracterísticas de conveniência:
Câmbio automático
Auxílio elétrico para pedalada sem esforço
Bandeja integrada como parte do quadro
Bateria removível para facilitar a carga
Design minimalista do pára-choque: remove água do pneu

Características de segurança:
Iluminação totalmente integrada: setas, farol e luz de freio
Acendimento automático que reage às condições naturais de iluminação
Luzes de segurança que iluminam o caminho ao redor da bicicleta

Fonte : www . ideiaquente . com /2014 / 08 /denny-bicycle-oregon-manifest-teague-sizemore-bike-design-project . html ? m=1

DIA DO CINEMA BRASILEIRO

cinema brasileiro

O dia 19 de junho tornou-se o dia de comemoração pelo renascimento do cinema brasileiro, por este ter passado a apresentar, nos últimos anos, produções de maior qualidade.

O surgimento do cinema se deu a partir da ideia do homem em dar vida às imagens. O belga Plateau criou o Phénakistiscope (1832), em seguida, o inglês Horner criou o Zootrope (1834), aparelhos que davam movimentos aos desenhos. Mas os primeiros desenhos animados surgiram criados pelo francês Èmile Reynaud, através de um aparelho de nome praxinoscópio.

Em 1880 tivemos os primeiros aperfeiçoamentos nas películas de celuloide, possibilitando que se chegassem aos filmes.

Somente em 1890 que um americano inventou o Kinescópio e o apresentou numa feira internacional em Chicago. O aparelho era uma caixa contendo uma lupa, por onde o público via as imagens ampliadas, assim surgiram os primeiros curtas-metragens.

Porém, os irmãos Lumière foram os criadores oficiais do cinema, em 1895. Aproveitando aparelhos de outros inventores, fizeram a reprodução através do cinematógrafo, um aparelho de projeção, conseguindo realizar a primeira sessão de cinema em Paris.

No dia 08 de julho de 1896, aconteceu no Rio de Janeiro a primeira projeção pública dos irmãos Lumière, pelo omniógrapho, o sucesso da mesma fez com que o empresário Pascoal Segreto inaugurasse a primeira sala do Brasil.

O cinema brasileiro nasceu quando Afonso Segreto chegou à Baía de Guanabara e registrou as imagens do local. A partir daí os irmãos Segreto registraram os principais acontecimentos cívicos e festivos do país, através de uma câmera Lumière, ficando como os únicos produtores brasileiros até 1903.

Aos poucos as imagens foram sendo feitas em outras regiões do Brasil, como em São Paulo, e o cinema nacional tomando suas primeiras dimensões, e passou a projetar os primeiros documentários.

A primeira companhia de cinema brasileira foi fundada somente em 29 de janeiro de 1911, distribuindo salas de cinema por todo o país, além de reproduzir fitas do cinema estrangeiro. Com isso, atores brasileiros ficaram desempregados e o cinema nacional perdeu espaço, entrando em decadência. A hegemonia do cinema americano que se destacou como o melhor do mundo.

Somente nos anos trinta, época da Primeira Guerra Mundial, Adhemar Gonzaga instalou o primeiro estúdio de cinema no Rio de Janeiro, a Cinédia. A partir daí, iniciou-se as produções dos dramas e comédias musicais brasileiras.

As chanchadas surgiram no ano de 1941, através da produtora Atlântica, tendo Carlos Manga como um dos principais cineastas. Depois o estúdio Vera Cruz revelou o filme de Lima Barreto, que acabou premiado no Festival de Cannes, “O Cangaceiro”.

Dentre os principais, tivemos Mazzaropi, que montou sua produtora em 1963, projetando filmes de um caipira muito engraçado; Glauber Rocha aparece com o filme “Deus e o Diabo na Terra do Sol” e o filme “Macunaíma”, de Joaquim Pedro de Andrade.

O governo brasileiro criou a Embrafilmes, empresa que financiava recursos para a produção do cinema nacional, mas em vinte anos de existência a mesma passou por sérias dificuldades financeiras, deixando de cumprir com seu propósito. Somente em 1993 foi que a nova lei de audiovisual trouxe novas expectativas para o cinema do Brasil.

Diretores como Carla Camuratti, Murilo Salles e Fábio Barreto ficaram internacionalmente conhecidos e a partir daí tivemos várias produções que, inclusive, receberam indicações para o Oscar, maior premiação cinematográfica do mundo.

O cinema brasileiro cresceu muito e tornou-se mundialmente conhecido e respeitado, com as produções “Cidade de Deus”, “Bicho de Sete Cabeças”, “Lisbela e o Prisioneiro”, “O Homem que Copiava”, dentre outros.

Equipe Brasil Escola

Fonte: http:// www. brasilescola .com /datas-comemorativas / dia-cinema-brasileiro .htm

%d blogueiros gostam disto: