Arquivo da categoria: Escolas

MOMENTO LITERÁRIO – DJANIRA FELIPE

14469434_1840412209523504_7886924992578848884_nAmigos pode parecer uma postagem apenas. Mas acreditem que para o autor que tem o seu nome na LISTA DOS AUTORES SELECIONADOS, divulgada no site oficial da CBJE

http://www.camarabrasileira.com.br/adquirirpanorama.html, certamente, é mais do que uma postagem. É um presente de Deus. É mais um passo certo, na direção certa. É reconhecimento literário. É uma honra encontrar o meu nome no PLB 2016 das melhores obras – Poesias e Contos. Viver com mais poesia e O espelho secreto, respectivamente. Publicarei no meu BLOG melhores informações.
Sinceros agradecimentos à CBJE e aos Acadêmicos da Litteraria Academiae Lima Barreto. Lembrando que o Panorama Literário Brasileiro 2016 será lançado em novembro.
Abraços fraternos aos seus corações.
Djanira Felipe de Oliveira – Mulher que escreve. Mulher que faz e sabe o porquê.

CONTOS
contos

POESIAS

poesias-2

Anúncios

HISTÓRIA DO DIA DA BANDEIRA

AMIGOS LEITORES, VAMOS RESGATAR O NOSSO DEVER CÍVICO DE HONRAR OS NOSSOS SÍMBOLOS NACIONAIS, NO CASO DESTA MATÉRIA – A NOSSA LINDA BANDEIRA NACIONAL BRASILEIRA, QUE POR SI, JÁ RETRATA UMA PANORÂMICA DO NOSSO PAÍS, DA NOSSA NAÇÃO. EDUCADORES, VAMOS INCENTIVAR AS CRIANÇAS A OLHAREM O NOSSO BRASIL COMO UM PAÍS DIGNO DO POVO BRASILEIRO.  DJANIRA FELIPE DE OLIVEIRA – MULHER QUE ESCREVE. MULHER QUE FAZ.

BANDEIRA 1

A bandeira do Brasil foi instituída a 19 de novembro de 1889, ou seja, 4 dias depois da Proclamação da República. É o resultado de uma adaptação na tradicional Bandeira do Império Brasileiro. Neste contexto, em vez do escudo Imperial português dentro do losango amarelo, foi adicionado o círculo azul com estrelas na cor branca.

Normas

bandeiradobrasil 2Existem normas específicas nas dimensões e proporções do desenho da Bandeira Brasileira. Ela tem o formato retangular, com um losango amarelo em fundo verde, sendo que no centro a esfera azul celeste, atravessada pela faixa branca com as palavras Ordem e Progresso em letras maiúsculas verdes. Essa faixa é oblíqua, inclinada da esquerda para direita. No círculo azul estão 27 estrelas, que retratam o céu do Rio de Janeiro, incluindo várias constelações, como, por exemplo, o Cruzeiro do Sul. As estrelas representam simbolicamente os 26 Estados e o Distrito Federal. A única estrela que fica na parte superior do círculo representa o estado do Pará.

A Bandeira Nacional é hasteada de manhã e recolhida na parte da tarde. Ela não pode ficar exposta à noite, a não ser que esteja bem iluminada. É obrigatório o seu hasteamento em órgãos públicos (escolas, ministérios, secretarias de governo, repartições públicas) em dias de festa ou de luto nacional. Nos edifícios do governo, ela é hasteada todos os dias. Também é exposta em situações em que o Brasil é representado diante de outros países como, por exemplo, em congressos internacionais e encontros de governos.

Dia da Bandeira

O dia 19 de Novembro é comemorado, em todo o território nacional, como o Dia da Bandeira. Nesta data ocorrem comemorações cívicas, acompanhadas do Hino à Bandeira.

Curiosidades sobre a bandeira brasileira:

– As quatro cores da Bandeira Nacional representam simbolicamente as famílias reais de que descende D.Pedro I, idealizador da Bandeira do Império. Com o passar do tempo esta informação foi sendo substituída por uma adaptação feita pelo povo brasileiro. Dentro deste contexto, o verde passou a representar as matas, o amarelo as riquezas do Brasil, o azul o seu céu e o branco a paz que deve reinar no Brasil.

– Quando várias bandeiras são hasteadas em nosso país, a brasileira deve ser a primeira a chegar ao topo do mastro e a última a descer.

 – Quando uma bandeira brasileira fica velha, suja ou rasgada, deve ser imediatamente substituída por uma nova. A bandeira velha deve ser recolhida a uma unidade militar, que providenciará a queima da mesma no dia 19 de novembro.

– A versão atual da Bandeira Nacional Brasileira com 27 estrelas entrou em vigor em 11 de maio de 1992, com a inclusão de mais quatro estrelas (antes eram 23 estrelas) representando os estados do Amapá, Tocantins, Roraima e Rondônia.

Além da Bandeira Nacional do Brasil que todos conhecemos muito bem, existem duas outras bandeiras brasileiras oficiais: a bandeira presidencial e a bandeira vice-presidencial.

Bandeira presidencial                                          vice-presidencial 

bandeira_presidencial 3bandeira_vice_presidencial 4


 

 

ACORDA BRASIL! UM FILHO TEU NÃO FOGE À LUTA!

http://www.suapesquisa.com/datascomemorativas/dia_da_bandeira.htm

09 DE JUNHO – DIA NACIONAL DE ANCHIETA

images (2)José de Anchieta nasceu a 19 de março de 1534, em São Cristóvão de Laguna, na ilha de Tenerife, a maior do arquipélago das Canárias. Era filho de família nobre e estudou humanidades na Universidade de Coimbra, tornando-se jesuíta muito jovem.

Chegou ao Brasil em 13 de julho de 1553. Embora tivesse apenas 19 anos, esse missionário, evangelizador e escritor recebeu a missão de dar continuidade à catequese e à educação dos índios, iniciadas pelo padre Manuel da Nóbrega, também jesuíta. Anchieta era profundo conhecedor de latim, português e castelhano; posteriormente, fez questão de aprender também o tupi, língua falada pelos índios.

Junto com outros jesuítas, Anchieta construiu um barracão em uma aldeia indígena, o qual serviu inicialmente de dormitório, enfermaria, refeitório, capela e oficina. Os índios eram chamados à catequese e ao batismo e instruídos na doutrina, repetindo as orações em português e na sua própria língua. Eles vinham do sertão, atraídos pela novidade. Os colonos portugueses se integraram também ao novo núcleo. O barracão, chamado de “colégio”, cresceu com a dedicação dos jesuítas, que exerciam também as funções de carpinteiros e construtores.

Em 1554, foi celebrada a primeira missa no planalto, no pátio do Colégio da Companhia de Jesus, em torno do qual cresceu a pequena aldeia que, muitos anos depois, se tornaria a cidade de São Paulo.

Em 1563, durante a revolta dos tamoios, Anchieta e padre Manuel da Nóbrega, reféns dos índios procuraram conciliá-los com os colonos portugueses, arriscando a própria vida. Por isso foram considerados emissários da paz. Nesse período em que ficou prisioneiro, Anchieta escreveu, na areia da praia de Iperuí (hoje Iperoig), um poema à Virgem Maria, com mais de quatro mil versos. Ele os memorizou e os passou para o papel depois de o conflito haver terminado.

Em 1570, assumiu o cargo de reitor do Colégio do Rio de Janeiro. Em 1574, iniciou em São Vicente a catequese dos tapuias. Em 1577, foi nomeado provincial dos jesuítas no Brasil, cargo que exerceu até 1588. Fez visitas aos colégios de Olinda, Reritiba (hoje Anchieta no Espírito Santo), Rio de Janeiro, Santos, São Vicente, Itanhaém e São Paulo. Foi nomeado Superior do Colégio da Vila de Vitória e de quatro aldeias.

Anchieta escreveu duas obras especializadas: Arte de gramática da língua mais falada na costa do Brasil e Vocabulário tupi-guarani. Seus métodos de ensino foram adotados durante muitos anos nas escolas dos jesuítas brasileiros. Por seu trabalho dirigido à catequese, à educação e à fundação de hospitais e por muitos serviços prestados à população, José de Anchieta recebeu dos historiadores o título de Apóstolo do Brasil.

Em 1597, retornou à Reritiba, onde, enfraquecido e doente, veio a falecer em 9 de junho do mesmo ano. Os 44 anos de serviços prestados ao Brasil foram reconhecidos por mais de três mil índios que acompanharam, até Victória, seu cortejo fúnebre, que aumentava a cada passo. Todos choravam a morte de um homem que só teve uma ambição na vida: a cristianização do Brasil.

José de Anchieta, o Apóstolo do Brasil, foi beatificado pelo papa João Paulo II, em 1980. Foi canonizado, no dia 3 de abril de 2014. O Dia de Anchieta foi criado oficialmente pelo decreto federal no 55.588, de 18/01/1965, e sancionado pela lei no 5.196, de 24/12/1966.

Fonte: https://www.paulinas.org.br/diafeliz/?system=datacomemorativa&id=234

27 DE MAIO – DIA NACIONAL DA MATA ATLÂNTICA

cartaz_202

A Mata Atlântica é formada por um conjunto de formações florestais (Florestas: Ombrófila Densa, Ombrófila Mista, Estacional Semidecidual, Estacional Decidual e Ombrófila Aberta) e ecossistemas associados como as restingas, manguezais e campos de altitude, que se estendiam originalmente por aproximadamente 1.300.000 km2 em 17 estados do território brasileiro. Hoje os remanescentes de vegetação nativa estão reduzidos a cerca de 22% de sua cobertura original e encontram-se em diferentes estágios de regeneração. Apenas cerca de 7% estão bem conservados em fragmentos acima de 100 hectares. Mesmo reduzida e muito fragmentada, estima-se que na Mata Atlântica existam cerca de 20.000 espécies vegetais (cerca de 35% das espécies existentes no Brasil), incluindo diversas espécies endêmicas e ameaçadas de extinção. Essa riqueza é maior que a de alguns continentes (17.000 espécies na América do Norte e 12.500 na Europa) e por isso a região da Mata Atlântica é altamente prioritária para a conservação da biodiversidade mundial. Em relação à fauna, os levantamentos já realizados indicam que a Mata Atlântica abriga 849 espécies de aves, 370 espécies de anfíbios, 200 espécies de répteis, 270 de mamíferos e cerca de 350 espécies de peixes.

Além de ser uma das regiões mais ricas do mundo em biodiversidade, tem importância vital para aproximadamente 120 milhões de brasileiros que vivem em seu domínio, onde são gerados aproximadamente 70% do PIB brasileiro, prestando importantíssimos serviços ambientais. Regula o fluxo dos mananciais hídricos, assegura a fertilidade do solo, suas paisagens oferecem belezas cênicas, controla o equilíbrio climático e protege escarpas e encostas das serras, além de preservar um patrimônio histórico e cultural imenso. Neste contexto, as áreas protegidas, como as Unidades de Conservação e as Terras Indígenas, são fundamentais para a manutenção de amostras representativas e viáveis da diversidade biológica e cultural da Mata Atlântica.

A cobertura de áreas protegidas na Mata Atlântica avançou expressivamente ao longo dos últimos anos, com a contribuição dos governos federais, estaduais e mais recentemente dos governos municipais e iniciativa privada. No entanto, a maior parte dos remanescentes de vegetação nativa ainda permanece sem proteção. Assim, além do investimento na ampliação e consolidação da rede de áreas protegidas, as estratégias para a conservação da biodiversidade visam contemplar também formas inovadoras de incentivos para a conservação e uso sustentável da biodiversidade, tais como a promoção da recuperação de áreas degradadas e do uso sustentável da vegetação nativa, bem como o incentivo ao pagamento pelos serviços ambientais prestados pela Mata Atlântica. Cabe enfatizar que um importante instrumento para a conservação e recuperação ambiental na Mata Atlântica, foi a aprovação da Lei 11.428, de 2006 e o Decreto 6.660/2008, que regulamentou a referida lei.

 

FONTE: mma . gov . br / biomas / mata – atlantica

10 FATOS IMPORTANTES SOBRE O UNIVERSO DO MARKETING DIGITAL

Hand holding a 3d Digital Marketing Sphere on white background.

Hand holding a 3d Digital Marketing Sphere on white background.

Confira os números e dados que movimentaram o mundo do marketing durante a última semana:

1. A Mondo, uma empresa digital de staffing, recentemente divulgou uma pesquisa sobre cargos e salários. Segundo a empresa, os empresários que ocupam a posição de chief digital officer são os que recebem melhor, cerca de US$ 156 mil a US$ 301 mil por ano. Logo em seguida vêm os chief marketing technologists (US$ 144 mil a US$ 288 mil) e depois os chief marketing officers (US$ 142 mil a US$ 230 mil).

2. A Criteo analisou 120 mil transações online – realizadas em desktop, smartphones e tablets – e concluiu que aproximadamente 33% dos presentes do Dias das Mães serão comprados via dispositivos móveis.

3. De acordo com a Amobee Brand Intelligence, as citações e impressões da McCann cresceram 46%.

4. Uma pesquisa feita pela revista Men’s Health aponta que 58% das pessoas entrevistadas gostariam de comprar um relógio conectado, sendo que 37% já possuem um.

5. A Crate & Barrel fez com que a taxa de conversão de seu site subisse 44% por meio de uma análise sobre como as pessoas navegam pelo seu e-commerce. Já a pesquisa conduzida pela SheSpeaks com mais de duas mil mulheres, descobriu que 83% delas descobrem vídeos por meio do Facebook. Em seguida, contam vídeos em sites (54%), boca-a-boca (49%), blogs (36%), Twitter (27%) e Instagram (21%).

6. Em uma apresentação na semana passada, o YouTube afirmou que o número de visitantes à plataforma cresceu 40% desde o ano passado, sendo que a maioria acessou o site via mobile.

7. A TripleLift entrevistou 209 pessoas para medir o impacto de anúncios nativos. De acordo com a Digiday, 71% dos participantes reconhecem os anúncios – enquanto 62% não sabem que estão consumindo conteúdo patrocinado.

8. No dia 28 de abril, o Twitter reportou US$ 388 milhões em venda de anúncios no primeiro trimestre, um aumento de 72% em relação ao ano passado. Grande parte (89%) desse lucro veio de anúncios mobile.

9. Ainda não está convencido do potencial de marketing do Instagram? Tudo que a empresa de catálogos Z Gallerie obter um aumento de 24% nas assinaturas em um período de duas semanas foi colocar um link em sua fanpage na rede social.

Também vale ressaltar a arrecadação de fundos promovida pelo Facebook para o terremoto que atingiu o Nepal semana passada. A rede social inseriu um botão de doação na página inicial de todos os usuários com um pedido de ajuda. Nas duas primeiras semanas, foram arrecadados mais de US$ 10 milhões.

Com informações do Ad Week

 

Fonte: Proxxima – 05/05/2015

Colaboração Adolpho Ladeira – Analista de Mercado.

19 DE ABRIL – DIA DO ÍNDIO

 

Индейцы-Бразилии-11

Comemoramos todos os anos, no dia 19 de Abril, o Dia do Índio. Esta data comemorativa foi criada em 1943 pelo presidente Getúlio Vargas, através do decreto lei número 5.540. Mas porque foi escolhido o 19 de abril?
Para entendermos a data, devemos voltar para 1940. Neste ano, foi realizado no México, o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Além de contar com a participação de diversas autoridades governamentais dos países da América, vários líderes indígenas deste continente foram convidados para participarem das reuniões e decisões. Porém, os índios não compareceram nos primeiros dias do evento, pois estavam preocupados e temerosos. Este comportamento era compreensível, pois os índios há séculos estavam sendo perseguidos, agredidos e dizimados pelos “homens brancos”.
No entanto, após algumas reuniões e reflexões, diversos líderes indígenas resolveram participar, após entenderem a importância daquele momento histórico. Esta participação ocorreu no dia 19 de abril, que depois foi escolhido, no continente americano, como o Dia do Índio.

Comemorações e Importância da data
Neste dia do ano ocorrem vários eventos dedicados à valorização da cultura indígena. Nas escolas, os alunos costumam fazer pesquisas sobre a cultura indígena, os museus fazem exposições e os municípios organizam festas comemorativas. Deve ser também um dia de reflexão sobre a importância da preservação dos povos indígenas, da manutenção de suas terras e respeito às suas manifestações culturais.
Devemos lembrar também, que os índios já habitavam nosso país quando os portugueses aqui chegaram em 1500. Desde esta data, o que vimos foi o desrespeito e a diminuição das populações indígenas. Este processo ainda ocorre, pois com a mineração e a exploração dos recursos naturais, muitos povos indígenas estão perdendo suas terras.

 

FONTE: acemprol . com / viewtopic .php ? t = 257

07 DE MARÇO – DIA DO FUZILEIRO NAVAL

turne_sul

A Brigada Real da Marinha foi a origem do Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil. Criada em Portugal em 28 de agosto de 1797, por Alvará da rainha D. Maria I, chegou ao Rio de Janeiro, em 7 de março de 1808, acompanhando a família real portuguesa que transmigrava para o Brasil, resguardando-se das ameaças dos exércitos invasores de Napoleão.

Os Fuzileiros Navais são uma força integrante da Marinha do Brasil, responsável pela segurança de assuntos que dizem respeito aos interesses navais do País. Prontos para entrar em ação em terra ou na água, também são chamados de “Anfíbios”.

Mesmo um país pacífico como o Brasil precisa de uma tropa capaz de agir com rapidez diante de qualquer emergência. Principalmente se pensarmos na extensão de nosso litoral e nas nossas grandes redes hidrográficas. Aí entra a competência dos Fuzileiros Navais.

 

FONTE: pompeumg . com . br / portal / index . php / ultimas – noticias / 791 – 7 – de – marco – dia – do – fuzileiro – naval

04 DE DEZEMBRO – DIA DO ORIENTADOR EDUCACIONAL

dia do orientador educacional 8

A Orientação Educacional é uma especialidade da Pedagogia que pode ser obtida através de habilitação incorporada na própria licenciatura ou por meio de curso específico de especialização.

O papel da orientação não deve ser visto somente como uma vertente pedagógica que trabalha simplesmente com ações terapêuticas e preventivas na esfera escolar, acima de tudo, a orientação é a peça fundamental para o equilíbrio, andamento e favorecimento da qualidade do serviço prestado pelas instituições de ensino aos pais, alunos e comunidade.

Tanto no Serviço de Orientação Educacional (SOE), como no Serviço de Orientação Pedagógica (SOP), será a pedagoga/orientadora a profissional habilitada e capacitada para apoiar, minimizar, resolver e oferecer ajuda aos pais, professores e alunos diante nas demandas bio-psico-sociais da rotina escolar que envolvam a aprendizagem e o desenvolvimento educacional.

Deve-se tomar muito cuidado por que cada habilitação corresponde a ação efetiva de um determinado profissional e a Orientação Educacional, por exemplo, em algumas instituições de ensino, está sendo praticada por profissionais de outras áreas, o que não é correto nem muito menos ético, pois cada profissional deveria agir dentro daquilo que sua formação o qualifica.

Vale lembrar que grande parte dos problemas enfrentados hoje em dia no meio escolar, ocorrem por que os profissionais não estão qualificados especificamente para atuarem na orientação; seja ela educacional ou pedagógica; causando com isso um grande mal estar e gerando problemas que poderiam ser evitados.

O Código de Ética dos Orientadores Educacionais é bem claro e tem por objetivo principal estabelecer normas de conduta para o exercício da profissão, bem como deixa evidente que só podem intitular-se Orientadores Educacionais, os profissionais legalmente habilitados segundo os termos da legislação em vigor e mediante as atribuições da Pedagogia.

Que o dia de hoje sirva de alerta e reflexão para que a profissão de Orientadora Educacional seja valorizada e conquiste finalmente o espaço de respeito e dignidade que é seu de direito.

 

FONTE: olharpedagogico . com / site _ detalheNota . php ? id = 31

20 DE NOVEMBRO – DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA

BANNER_BLOG_DIA_CONSCIENCIA_NEGRA_V2

A data de 20 de Novembro foi escolhida para a celebração do Dia da Consciência Negra por ser esse o dia da morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares. 1695 foi o ano da morte de Zumbi.

No dia da Consciência Negra o objetivo é fazer uma reflexão sobre o relevo da cultura e do povo africano e o impacto que tiveram na evolução da cultura brasileira. Sociologia, política, religião e gastronomia entre várias outras áreas, foram profundamente influenciadas pelas culturas negra e africanas. É dia de comemorar e mostrar profundo apreço pela cultura afro-brasileira.

Origem do Dia Nacional da Consciência Negra
O Dia da Consciência Negra foi estabelecido pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. No entanto, apenas em 2011 a presidente Dilma Roussef sancionou a Lei 12.519/2011 que cria a data, sem obrigatoriedade de feriado.

História de Zumbi
No período do Brasil colonial, Zumbi simbolizou a luta do negro contra a escravidão que sofriam os brasileiros de raça negra. Zumbi morreu enquanto defendia a sua comunidade e lutava pelos direitos do seu povo.

Os quilombos, liderados por Zumbi, formavam a resistência ao sistema escravista que vigorava, e eram o principal motor responsável pela preservação da cultura africana no Brasil.

Zumbi lutou até à morte contra a escravidão, que só viria em 1888, com a abolição oficial da escravatura.A abolição da escravatura, de forma oficial, só veio em em 1888, 193 anos após sua morte.

 

FONTE: calendarr . com / brasil / dia – nacional – da – consciencia – negra /

19 DE NOVEMBRO – DIA DA BANDEIRA

desenho-dia-da-bandeira-1

A comemoração do dia da bandeira se constituiu como mais um elemento simbólico da construção da identidade nacional brasileira, o dia da bandeira simboliza a nação brasileira.

No dia 19 de novembro comemora-se o Dia da Bandeira do Brasil, essa comemoração passou a fazer parte da história do país após a Proclamação da República, no ano de 1889. Com o fim do período Imperial (1822-1889), a bandeira desenhada por Jean Baptiste Debret, que representava o império, foi substituída pelo desenho de Décio Vilares.
A substituição da bandeira imperial por uma bandeira republicana representa as mudanças que o Brasil passava naquele momento: mudanças na forma de governo e de governar, do regime imperial para uma república federativa. Além disso, a nova bandeira representava a simbologia que estava agregada ao republicanismo, como a ideia de um Estado-nação, o patriotismo e o surgimento do sentimento nacionalista, ou seja, a construção identitária do povo brasileiro, a identidade nacional.
As bandeiras não são restritas a serem simbologias somente do Estado-nação, ou de algum país, mas existem bandeiras que representam diversas regiões que integram o país e diferentes instituições e esferas sociais. Existem bandeiras que simbolizam times de futebol, torcidas organizadas, cidades, Estados, instituições religiosas e governamentais como cidades, exército, além das instituições comerciais, bandeira de uma empresa.
Temos notícias de que as primeiras bandeiras foram visualizadas na antiguidade, eram utilizadas nos exércitos como meio de reconhecimento entre os diversos soldados. Atualmente, no mundo contemporâneo, todo Estado-nação possui uma bandeira nacional que representa e dá unidade à nação, ou seja, unifica diferentes povos. Dessa maneira, a instituição da comemoração do dia da bandeira acrescentou mais um elemento simbólico na construção da identidade nacional.

 
FONTE: brasilescola . com / datas – comemorativas / dia – da – bandeira . htm

15 DE NOVEMBRO – DIA DA PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA

Proclamacao da Republica - BRESCOLA

No dia 15 de novembro comemoramos a instalação da República no Brasil, uma forma de governo na qual o povo exerce a sua soberania por meio da escolha do chefe da nação. Este foi um capítulo muito importante na história do Brasil, já que hoje vivemos em um regime democrático. Vamos relembrar como tudo isso aconteceu?

Antes de se tornar uma República, o Brasil era um Império. Em outras palavras, éramos independentes de Portugal, no entanto, todas as decisões eram tomadas de forma unilateral pelo imperador, D. Pedro II. A monarquia começou a ficar enfraquecida no fim do século XIX, período em que o Brasil passava por uma série de mudanças sociais e econômicas.

Com o fim da escravidão, o Império perdeu o importante apoio dos escravocratas, uma vez que os republicanos (que eram aqueles que queriam acabar com a monarquia) compartilhavam os mesmos ideais dos abolicionistas. D.Pedro II também perdeu o apoio fundamental da Igreja ao interferir em assuntos religiosos. Os militares estavam descontentes pela atitude do imperador de proibir os mesmos de se expressarem na imprensa. Por fim, a classe média (jornalistas, médicos, comerciantes, etc.), que estava em constante crescimento, desejava conquistar um espaço maior nas decisões políticas. Todos estes fatores foram fundamentais para o fim das bases de sustentação da monarquia no Brasil.

Em 15 de novembro de 1889, o marechal Deodoro da Fonseca declarou o fim do período imperial. Naquele mesmo dia se formou um governo provisório. Assim, o marechal se tornou o primeiro presidente da história do Brasil. Ciente de que não conseguiria de forma alguma reverter tal situação, D. Pedro II apenas aceitou a vontade do povo e retornou para Portugal.

 

FONTE: sohistoria . com . br / ef2 / proclamacao /

14 DE NOVEMBRO – DIA NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO

dia_da_alfabetizacao

 

No dia 14 de novembro comemoramos o Dia Nacional da Alfabetização relembrando a importância do ensino para o desenvolvimento do indivíduo.

Dia Nacional da Alfabetização é comemorado no dia 14 de novembro. Esta data foi instituída em homenagem à criação do antigo Ministério da Educação e Saúde Pública, em que um de seus objetivos era promover o fim do analfabetismo no país.
O ato de ler e escrever é fundamental para o desenvolvimento do indivíduo, porém, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o índice de analfabetismo no país ainda é muito elevado.
O Artigo 2º da Lei de Diretrizes e Bases que norteiam a educação nacional diz que a educação “tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”. Portanto, ser alfabetizado é direito de todos.
O dia 14 de novembro nos faz relembrar a importância da educação e de ser alfabetizado. Tanto para o desenvolvimento do cidadão, quanto para o desenvolvimento de um país.

 

FONTE: brasilescola . com / datas – comemorativas / 14 – novembro – dia – nacional – alfabetizacao . htm

%d blogueiros gostam disto: