Arquivo da categoria: Amigos

DIPLOMAÇÃO NO CRECI CE 27/09/2017

AMIGOS LEIRORES,

Compartilho com vocês mais uma conquista, Graças a Deus, idealizo com fé e realizo. Aos amigos que me seguem e acompanham as matérias desse canal de comunicação abraços fraternos e poéticos aos seus corações.

Djanira Felipe – mulher que escreve, Faz e sabe o porquê.

Anúncios

DOAÇÃO DE UM SOFÁ

“Solidariedade, amigos, não se agradece, comemora-se”.

Betinho

e68b45f0-7870-48c3-b16b-f9bd9b80da4c

O GSAPS – Grupo Solidário Amigos Para Sempre comemora em nome  das pessoas envolvidas na Doação deste Sofá, sendo à Dra. Deisi Leal, a doadora  (Cidade do Rio de Janeiro).

O GSAPS comemora igualmente a indicação do Sr. Jorge Tomaz (Lages de Muriaé -Paracambi – RJ)  como donatário pela amiga Neudemar Sant’Anna.

O GSAPS teve a extraordinária oportunidade de intermediar o ato da doação contando com a participação de dois membros fundadores: Djanira Felipe e Valdir Souza.

O móvel foi disponibilizado ao GSAPS em 10/06/2016 e entregue ao donatário em 15/06/2016.

Solidariedade entre si e a sociedade em prol do bem comum.

Assim é o GSAPS! 

Registro da ação em fotos:

Grupo_Sol.. 2final 10042013

DSC0172320160615_101236

MINHA HOMENAGEM AO DIA DO AMIGO

admin-ajax

A todos os meus amigos para sempre uma homenagem com a MARCA do GSAPS – Grupo Solidário Amigos Para Sempre. Um projeto que em breve estará sendo implementado. Aguardem! E um poema publicado na minha segunda obra Viajante do Universo.

AMOR DE AMIGO

E, mais uma vez, a vida surpreendeu-me,

Fez-me sentir diferente, pelas peças que prega na gente,

E deixou plantada na mente a semente do querer saber.

Desta vez me pego pensando, em quantas vezes sem sono,

Os poetas tentam entender, o amor, pelo qual uns padecem,

Outros morrem e alguns esquecem, perdoam para viver o amor.

O amor, mais uma vez, o amor, que até hoje ninguém decifrou

A receita ou composição desse sentimento nobre,

Que alcança do pai ao avô e gerações já ultrapassou.

É o amor de Deus, é o amor de mãe, é o amor do irmão,

Amor de homem e mulher, amor ao próximo que é bem mais difícil.

Mas…, uma vez amor…, é sempre bendito.

Eu não sei falar de amor, se não mencionar o amor de amigo.

Amizade é o tipo de amor que é livremente vivido.

O amigo de verdade, não se conquista, é percebido.

É, talvez, o tipo de amor que é mais correspondido.

E não acaba jamais pelo tempo decorrido.

Quanto maior a distância, mais fica amadurecido.

 Djanira Felipe de Oliveira (Obra – Viajante do Universo)


VÍDEO ALMA FEMININA

Para os amigos que não sabem que eu e a minha querida amiga LEE Santos temos uma composição em parceria: A Canção Alma Feminina.

A Canção Alma Feminina é uma composição da Djanira Felipe e LEE Santos. Um poema de Djanira Felipe da sua obra Viajante do Universo que ganhou os acordes, melodia e a extraordinária voz da cantora LEE Santos no seu segundo CD cujo título é Alma Feminina.

Por Djanira Felipe – Mulher que escreve e Lee Santos lê e canta.

 

UM CONVITE MUITO ESPECIAL PARA VOCÊ QUE É UMA PESSOA ESPECIAL.

OLÁ VOCÊ! SIM VOCÊ MESMO! A SUA PRESENÇA SERÁ UM PRESENTE ESPECIAL PARA MIM. AGUARDO VOCÊ LÁ!

CONVITE (1) (3)

CHEGADA DA TUCA E DO TOTÓ

Amigos, hoje um vídeo diferente nesse canal para que o cão pequinês SOL, apresente os seus dois novos companheiros (Tuca e totó), a cada brinquedoele é só felicidade. Para conhecerem mais desse cãozinho lindo e inteligente, acessem a página dele: https://www.facebook.com/Amigos-do-SOL-1582970315301845/timeline/?ref=hl  e CURTAM A PAGINA. Comentem. Grata.

Djanira Felipe – Mulher que escreve. Mulher que faz. E sabe o porquê.

19 DE AGOSTO – DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA

CAROS AMIGOS,

Hoje quero homenagear um grande amigo que gosta de fotografar e pelo mesmo homenageio a todos os meus amigos FOTÓGRAFOS.

A diferença é que ele consegue por meio das suas fotos transmitir mensagens das mais diversas e intensas, por meio das paisagens. Na verdade ele faz FOTOPOESIA.

Este meu amigo é uma pessoa muito especial na minha vida. Ele é um irmão, com toda certeza o irmão que eu gostaria de ter.

O Criador o abençoou com muitos atributos do bem. Eu falo do autor dessas fotos: o meu amigo RICARDO RIVAS.

PARABÉNS, RIVAS, PELAS LINDAS FOTOS E POR SER ESSA PESSOA RARA.

Djanira Felipe de Oliveira- Mulher que escreve. Mulher que faz. E sabe o porquê.

7 DE DEZEMBRO – DIA DO ADESGUIANO

logo-adesgMeus queridos amigos Adesguianos, especialmente aqueles que participaram do CEPE – XXXVII de 2011 – Turma Acorda Brasil!

Neste nosso dia quero que saibam da importância que cada um de vocês têm na minha vida, porque cada pessoa que conhecemos é um presente de Deus. E quando encontramos alguém há sempre um propósito para tal encontro.

Algumas chegam, e se vão rapidamente, outras ficam um tempo, existem pessoas que permanecem por quase toda a vida atual. E também ocorre de algumas continuarem conosco pelo devir.

Sendo assim, registro o meu carinho por cada um especialmente, mesmo estando um tanto comprometida com outros compromissos que me impossibilitam de marcar presença em todos os eventos. Acompanho sempre. E estão todos muito presentes no meu dia a dia, pela experiência vivenciada juntos, pelo conhecimento adquirido e pela amizade que se fez de verdade e que nenhuma distância poderá apagar.

Fazemos parte do universo de formadores de opiniões.

Eu e Eliana 2Agradecimento e cumprimento fraterno e especial, pelo dia de hoje, a minha amiga e madrinha Adesguiana que me indicou e condecorou na formatura, Eliana Ovalle.

Feliz Dia dos Adesguianos! E não vamos desistir da nossa Nação!

Um Adesguiano não foge à luta!

Abraços Fraternos e poéticos aos seus corações.

Djanira Felipe de Oliveira – Mulher que escreve. Mulher que faz. E sabe o porquê.

LIVRO “VIAJANTE DO UNIVERSO” DE DJANIRA FELIPE DE OLIVEIRA NO POETA SAIA DA GAVETA 14/10/2014

38ª Mês de Kardec – Show Musical – Anatasha Meckenna

AMIGOS QUERIDOS,

TENHO A HONRA DE POSTAR ESTE VÍDEO DA MINHA QUERIDA AMIGA, E ALMA IRMÃ, A CANTORA ANATASHA MECKENNA, E PRESTEM ATENÇÃO NA SEGUNDA MÚSICA “ALMA” É SIMPLESMENTE LINDA!

ANATASHA MECKENNA CANTA E ENCANTA!

 

Djanira Felipe de Oliveira – Mulher que escreve. Mulher que faz. E sabe o porquê.

MINISTÉRIO DA PESCA E AQUICULTURA

Cópia de Screenshot_2014-03-14-16-02-52-1-1

Djanira Felipe de Oliveira  do PRB/RJ e os Líderes Partidários Ministro Marcelo Crivella e  o senador Eduardo Lopes. 

O Parlamentar, Bom Político, MARCELO CRIVELLA, Homem que faz, deixa o Ministério da Pesca e Aquicultura e retorna ao senado. E vai disputar o Governo do Estado do Rio de Janeiro.

O Senador Marcelo Crivella é um legitimo líder porque trabalha sem apego à cadeira, que ocupa, e durante a sua gestão adota uma postura, daquele que sabe que sabe, onde está e aonde quer chegar. O autêntico líder trabalha preparando o seu lugar para o seu substituto. E com o FOCO no Bem Comum.

Ele vai, além disso, quando foi eleito senador pelo Rio de Janeiro, sendo o seu suplente o nosso amigo que o substituiu, brilhantemente, no Senado Federal, Eduardo Lopes, político competente, e que em terreno fértil e produtivo, agora assume o MPA, onde naturalmente dará continuidade aos projetos em andamento do Senador Marcelo Crivella e com a sua equipe apresentarão outros, a exemplo do que ocorreu no Senado.

Marcelo Crivella foi alvo de críticas diversas vezes à frente do MPA, e após o primeiro passo certo, que foi a sua posse, não se furtou ao legítimo direito de prosseguir a caminhada por todo o Brasil, identificando às necessidades reais, e realizando ações efetivas que transformaram a realidade de muitas famílias de pescadores. Inclusive, não ficou limitado ao ato da atividade pesqueira, pensou no bem-estar, das comunidades dos pescadores, sobretudo, no que se refere à saúde promovendo meios para que tenham um atendimento digno e melhor qualidade de vida.

Ao amigo, Eduardo Lopes, Presidente do PRB/RJ, PARABÉNS, pelo desempenho exemplar no Senado Federal, Liderança que jamais deixou de me atender quando solicitado. O meu agradecimento especial com votos de sucesso nessa nova fase, frente ao MPA, e conte comigo porque sabemos fazer política e não politicagem.

Ao senador Marcelo Crivella os nossos APLAUSOS COM LOUVOR! E sinceros cumprimentos pelo extraordinário trabalho realizado no Ministério da Pesca e Aquicultura.

E quero registrar senador, Marcelo Crivella, o meu agradecimento franco e aberto pela sempre atenção dedicada e sincera, algo que para algumas pessoas poderá parecer uma ação meramente de um político que jamais dirá um NÃO, para passar uma boa impressão.

Eu tenho certeza de que é verdadeiro no trato com as pessoas, sobretudo, porque é um homem de Fé.

E vamos em frente! Eu acredito! E os que estão comigo também acreditam!

Abraços Fraternos,

Adm. Djanira Felipe de Oliveira – Mulher que escreve. Mulher que faz. E sabe por quê.

Vice-Coordenadora do PRB Mulher Municipal do Rio de Janeiro.

Site: www.djanirafelipe.com.br

Blog: www.djanirafelipe.wordpress.com

Rio de Janeiro, 14 de março de 2014.

CARTEIROS DO BRASIL – 25 de Janeiro

Referências Históricas

Todos os anos, no dia 25 janeiro, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos comemoram o Dia do Carteiro.

CarteirosdoBrasil_1A data resgata a memória da criação em 25 de janeiro de 1663 do Correio-Mor no Brasil, cujo primeiro titular foi Luiz Gomes da Matta Neto, que já era o Correio-Mor do Reino, em Portugal.

Com a sua nomeação, começou a funcionar o Correio no Brasil como uma organização paraestatal e qualificado para receber e expedir toda correspondência do Reino.

Em 19 de dezembro do mesmo ano, foi nomeado para o cargo de assistente do Correio-Mor na Capitania do Rio de Janeiro o alferes João Cavaleiro Cardoso.

Vale observar que a palavra correio também significa carteiro, mensageiro, embora o serviço de carteiro, tal como conhecemos hoje, somente tenha tido início, no Brasil, no período da Regência, no século XIX.

CarteirosdoBrasil_2Mesmo com a criação do Correio-Mor no Brasil Colônia, a entrega das correspondências até meados do século XIX era muito precária. As pessoas relutavam muito em pagar os serviços de correios, preferindo usar mão de obra gratuita, como os tropeiros, os bandeirantes e os escravos.

Na história postal brasileira temos um carteiro que se notabilizou: Paulo Bregaro, que levou para o príncipe D. Pedro as notícias de Portugal que ensejaram a Independência do Brasil.

As palavras proferidas pelo Conselheiro José Bonifácio de Andrada e Silva, ao recomendar pressa na entrega das correspondências, ainda hoje sintetizam a mística do trabalho responsável do carteiro: “Arrebente e estafe quantos cavalos necessários, mas entregue a carta com toda a urgência” – segundo uma versão. “Se não arrebentar uma dúzia de cavalos, no caminho, nunca mais será correio; veja o que faz!” – segundo outra.

CarteirosdoBrasil_3Por seu feito, Paulo Bregaro é o patrono dos Correios.

Em 1835 o Correio da Corte passou a fazer a entrega de correspondência a domicílio. Até então, só tinham direito a essa concessão, pelo Regulamento de 1829, as casas comerciais e os particulares que pagassem uma contribuição anual (de 10 a 20 mil réis).

Em 1852, o telégrafo foi introduzido no Brasil e as pessoas que faziam a entrega de telegramas eram chamadas de mensageiros. Carteiro é a designação privativa dos serviços dos Correios. Hoje, a palavra carteiro é utilizada indistintamente para a entrega de cartas e de telegramas.

A Repartição Geral dos Telégrafos era separada do Departamento de Correios; somente em 1931 é que houve a fusão dos dois serviços, criando-se o Departamento de Correios e Telégrafos – DCT.

CarteirosdoBrasil_4Em 20 de março de 1969, o antigo DCT foi transformado na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT.

Os Carteiros nos dias atuais

Para atender a um país com dimensões continentais como o Brasil, e fazer a entrega dos 8,3 bilhões de objetos por ano, a ECT possui em seus quadros mais de 56 mil carteiros, o que representa mais da metade do efetivo da empresa. Deste total, cerca de 10% são mulheres.

Juntos os carteiros do Brasil percorrem por dia cerca de 397 mil quilômetros, o equivalente a quase 10 voltas completas ao redor da Terra.

Antes de sair às ruas para entregar as correspondências, os carteiros realizam uma parte do seu trabalho em Centros de Distribuição Domiciliária (local onde a carga postal é separada por ordem de ruas e de numeração) e Agências de Correio com distribuição domiciliária (agências pequenas).

CarteirosdoBrasil_5Além da missão de entregar as correspondências, não raramente o carteiro é um líder comunitário, estando voltado também para o bem estar da sua comunidade. Esta liderança é facilmente reconhecida e creditada ao prestígio pessoal que este dedicado profissional tem perante a sua empresa e sua família.

Os carteiros são também responsáveis pela difusão de importantes campanhas de conscientização da população e promoção da cidadania. Podem ser citadas as campanhas já realizadas de incentivo ao combate à dengue, aleitamento materno, doação de sangue e de medula óssea.

Atuam, também, em ações para melhoria de suas condições de trabalho, como na campanha de conscientização para a correta instalação das caixas de correios, fora do alcance de cães, para garantir tanto a integridade dos carteiros quanto a dos objetos postais.

CarteirosdoBrasil_6Exemplo de ação de caráter social que envolve os carteiros e que tem tido grande receptividade é o Papai Noel nos Correios. Desde 1997, quando se transformou em projeto corporativo, passou a ser desenvolvido em todas as 28 Diretorias Regionais.

Em 2009, dois Estados testaram um novo modelo para o projeto, segundo o qual só podem participar crianças que cursam até a última série da 1ª etapa do Ensino Fundamental (ou seja, até a 4ª série ou 5º ano) de instituições de ensino públicas (municipais, estaduais ou federais), além de creches e abrigos. A intenção é contribuir para o alcance do Objetivo de Desenvolvimento do Milênio da ONU – Educação Básica de Qualidade para Todos. Em 2009, os Correios receberam 1.981.000 cartas, sendo que 21% foram adotadas. O projeto contou com o apoio e a participação de 3.818 voluntários internos, 669 voluntários externos e 462 parcerias.

CarteirosdoBrasil_7Os presentes são entregues por carteiros ou outros empregados dos Correios em regiões carentes nos grandes centros urbanos.

A propósito da confiança neste profissional, o carteiro – a face mais visível da empresa – muito contribui para o elevado conceito que a instituição Correios tem, junto à população. Pesquisas realizadas em média a cada dois anos pela ECT confirmam esta realidade: os resultados gerais obtidos superam os 90% de confiança nos Correios.

A profissão de carteiro, inclusive, é a segunda mais confiável no País e a quarta mais confiável no mundo. Foi o que revelou uma pesquisa feita no Brasil, nos Estados Unidos e na Europa e divulgada em 2009 pelo Jornal Hoje, da Rede Globo. De acordo com a pesquisa, no Brasil os carteiros têm 90% de confiabilidade, atrás apenas de bombeiros e na frente de médicos e professores.

No mundo, os carteiros têm a confiança de 81% dos entrevistados, junto com médicos e atrás de bombeiros e professores.

CarteirosdoBrasil_8Muito tem sido falado do carteiro como profissional, mensageiro de boas e más notícias. Entretanto, aquele que fielmente cumpre a sua missão, tornando-se o elo principal entre as pessoas, independentemente da distância, é, acima de tudo, um admirável ser humano.

Um brasileiro que, como todos os outros, tem alma e coração. Alma para entender o espírito de seu semelhante e disponibilizar o ombro amigo no primeiro momento após o recebimento de uma informação desagradável. Coração para perceber o brilho no olhar de quem recebe aquela tão esperada notícia de um ente querido.

Os Correios têm no carteiro o seu mais representativo símbolo de identidade junto à sociedade. É a imagem da empresa que, juntamente com milhões de correspondências, chega diariamente aos diversos lares brasileiros.

O carteiro, esta figura simpática que, por passar todos os dias por nossas casas, é facilmente adotado, involuntariamente, pela família. Quem já não ouviu a expressão “o meu carteiro” ou “o carteiro lá de casa”? Esta é a forma como tratamos o nosso carteiro.

O nosso amigo de todos os dias. Aquele que, faça chuva ou faça sol, sempre passará pela nossa porta deixando uma mensagem de alguém que se lembrou de nós.

CarteirosdoBrasil_9Para que os carteiros possam desempenhar sua atividade com segurança e qualidade, os Correios possuem equipes destinadas a pesquisar constantemente melhorias das condições de trabalho.

Como resultado, há vários anos a ECT fornece aos carteiros treinamento e equipamentos especiais, como bolsa, calçado, boné, óculos de sol, protetor solar e uniforme adaptado às condições climáticas de cada região do País.

Em 2010, os carteiros trocaram as antigas bolsas por um novo modelo, com garantia de mais comodidade e conforto na entrega das correspondências. É a primeira bolsa ergonômica de carteiro, resultado de um estudo técnico cuidadoso da empresa em parceria com a Universidade Federal de São Carlos (SP).

Os próprios carteiros também participaram do processo, avaliando este acessório de trabalho e opinando sobre a eficiência dos diversos protótipos produzidos.

http://www.correios.com.br/sobreCorreios/empresa/historia/carteirosnoBrasil/default.cfm

%d blogueiros gostam disto: