Arquivo mensal: maio 2014

31 DE MAIO – DIA DO ESPÍRITO SANTO

espiritosanto

Dia do Espírito Santo (ou Dia do Divino Espírito Santo) é um culto ao Espírito Santo, e é comemorado em 31 de maio. A data é celerada cinquenta dias após a Páscoa, e, segundo conta o Testamento, foi quando o comemorando o Espírito Santo desceu do céu sob a forma de línguas como de fogo.

A celebração é uma das mais tradicionais da religião Católica. O dia do Espírito Santo é geralmente marcado pela esperança da chegada de uma nova era para as pessoas, que tenha mais igualdade, prosperidade e abundância para todos.

A festa do Espírito Santo é celebrada em todo o Brasil, com alguns simbolismos presente em todas, como a pomba branca, a coroa, e a distribuição de esmolas.

Origem do Dia do Espírito Santo

O dia do Espírito Santo tem origem nas celebrações ocorridas em Portugal, desde o século XIV, quando a terceira pessoa da Santíssima Trindade era festejada com grandes banquetes coletivos, com o objetivo de distribuir comida e esmolas aos pobres.

Outras Datas Comemorativas

Fontes: www . calendarr . com /brasil/dia-do-espirito-santo/

Crato – Ceará

Amigos,

Minha Cidade – Crato. É uma honra ter nascido nesta cidade. É tudo de bom!

parabenizo ao autor do vídeo pelo belo trabalho e homenagem.

O Rio de Janeiro é a Cidade Maravilhosa, vivo aqui, mas conservo os valores, princípios, e , sobretudo, as raízes.

Tenho a minha querida madrinha Almina Arraes que mora no Crato. E amigos, inclusive de infância muito queridos.

Obrigada amiga Geraldina pelo presente!

Valeu assessoria pelo post!

Djanira Felipe de Oliveira.

 

25 DE MAIO – DIA DA INDÚSTRIA E DO INDUSTRIAL

25 maio dia da industria

Considerado o patrono da indústria, o empresário Roberto Simonsen morreu em 25 de maio de 1948, vítima de infarto, en¬quanto discursava na Academia Brasileira de Letras – ABL. Essa data foi escolhida para homenageá-lo. Nascido em Santos (SP), em 1889, Simonsen entrou para o curso de Engenharia da Escola Politécnica de São Paulo aos 15 anos. Foi o criador da Companhia Construtora de Santos, a primeira grande empresa de construção civil brasileira, onde atuou. Foi senador, presidente da Companhia Construtora de São Paulo, da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo e ajudou a fundar, em 1928, o Centro das Indústrias de São Paulo – Ciesp. Em 1946, tornou-se membro da ABL.

Fonte:Livro: A origem de Datas e Festas
Autor: Marcelo Duarte
Editora: Panda Books

TIM LANÇA BANDA LARGA FIXA MAIS RÁPIDA DO PAÍS, COM 1 GIGA

internet

A TIM lançou no fim de semana seu serviço de banda larga fixa com 1 Giga para download e 500 Mega para upload, anunciado como a conexão mais rápida do país. Segundo a empresa, os usuários da Live Tim Extreme podem baixar um filme HD em apenas sete segundos.

A banda larga ultrarrápida será ofertada por meio de fibra óptica. Mas o privilégio é para poucos: o plano está disponível apenas em São Paulo, Rio de Janeiro e Duque de Caxias (RJ) por R$ 1,5 mil mensais, além da taxa de instalação de R$ 3 mil.

Velocidade
O novo serviço leva a velocidade da internet fixa no Brasil para um novo patamar, o mesmo alcançado nos Estados Unidos pelo Google, com o Fiber. Se comparada à média da conexão brasileira de 2,7 Mbps, aferida pela empresa Akamai, o banda larga da TIM é 350 vezes mais veloz.

 Fonte: olhardigital . uol . com . br

 

 

ENFERMAGEM ROBÓTICA

roboemfermeiro7

Há mais de cinco anos, a empresa automotiva Toyota vem investindo em pesquisas na área de enfermagem robótica.

Os protótipos desenvolvidos pela companhia não visam a substituir o papel de um enfermeiro, mas sim ajudá-lo na assistência de pacientes com necessidades específicas ou em ambiente não-hospitalar.

Um dos robôs projetados facilita a transferência de pacientes de um ambiente para outro, como da cama para o chuveiro, por exemplo, fazendo com que a assistência não dependa apenas das capacidades físicas do cuidador.

O mesmo conceito foi utilizado na criação do robô enfermeiro RIBA II

Fonte: www . futurodamedicina . com . br /2025/dispositivos/enfermagem-robotica#sthash . xAFq8WFj . dpuf

13 DE MAIO – ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA

Dia da Abolicao - BRASIL ESCOLA

A partir da segunda metade do século XIX, vários intelectuais, escritores, jornalistas e políticos discutiam a relação existente entre a utilização da mão de obra escrava e a questão do desenvolvimento nacional. Enquanto as nações europeias se industrializavam e buscavam formas de ampliar a exploração da mão de obra assalariada, o Brasil se afastava desses modelos de civilidade ao preservar a escravidão como prática rotineira.

De fato, mais do que uma questão moral, a escravidão já apresentava vários sinais de decadência nessa época. A proibição do tráfico encareceu o valor de obtenção de uma peça e a utilização da força de trabalho dos imigrantes europeus já começava a ganhar espaço. Com isso, podemos ver que a necessidade de se abandonar o escravismo representava uma ação indispensável para que o Brasil viesse a se integrar ao processo de expansão do capitalismo.

A Inglaterra, mais importante nação industrial dessa época, realizava enormes pressões para que o governo imperial acabasse com a escravidão. Por de trás de um discurso humanista, os britânicos tinham interesse real em promover a expansão do mercado consumidor brasileiro por meio da formação de uma massa de trabalhadores assalariados. Paralelamente, os centros urbanos brasileiros já percebiam que o custo do trabalhador livre era inferior ao do escravo.

Respondendo a esse conjunto de fatores, o governo brasileiro aprova a Lei Eusébio de Queiroz, que, em 1850, estipulou a proibição do tráfico negreiro. Décadas mais tarde, a Lei do Ventre Livre (1871) previa a liberdade para todos os filhos de escravos. Esses primeiros passos rumo à abolição incitaram a criação da Sociedade Brasileira contra a Escravidão e, três anos mais tarde, no estabelecimento da Confederação Abolicionista, em 1883.

Apesar de toda essa efervescência abolicionista manifestada em artigos de jornal, conferências e na organização de fugas, vários membros da elite rural se opunham a tal projeto. Buscando conter a agitação dos abolicionistas, o Império Brasileiro aprovou a Lei Saraiva-Cotegipe ou Lei dos Sexagenários, que previu, no ano de 1885, a libertação de todos os escravos com mais de 65 anos de idade. Na prática, a lei atingia uma ínfima parcela de escravos que detinham um baixo potencial produtivo.

Dando continuidade à agitação abolicionista, vemos que o ano de 1887 foi marcado pela recusa do Exército brasileiro em perseguir escravos e a clara manifestação da Igreja Católica contra tal prática. No ano seguinte, assumindo o trono provisoriamente no lugar do pai, a princesa Isabel assinou a Lei Áurea, no dia 13 de maio. Possuindo apenas dois artigos, a lei previu a libertação dos escravos em território brasileiro e a revogação de qualquer lei que fosse contrária a essa medida.

Apesar de estabelecer um marco no fim da escravidão, a Lei Áurea não promoveu transformações radicais nos cerca de 750 mil escravos libertos em território brasileiro. Sem nenhum amparo governamental, os alforriados se dirigiram para as grandes cidades ou se mantiveram empregados nas suas propriedades de origem. De fato, ao invés de promover a integração do negro à sociedade, a libertação foi seguida pelo aprofundamento da marginalização das camadas populares no Brasil.

Por Rainer Sousa
Graduado em História

 Fonte: www . brasilescola . com / datas-comemorativas/dia-abolicao-escravatura . htm

 

11 DE MAIO – DIA DAS MÃES

imagem-de-dia-das-maes

08 DE MAIO – DIA DO ARTISTA PLÁSTICO BRASILEIRO

Art

A data foi escolhida em homenagem ao pintor José Ferraz de Almeida Júnior, um dos artistas brasileiros mais importantes – século XIX. Nasceu em Itu (SP), no dia 8 de maio 1850. Aos 19 anos entrou para a Academia Imperial de Belas Artes, no Rio de Janeiro, onde foi aluno de Jules Lê Chevrel, Victor Meirelles e Pedro Américo. Em 1876, recebeu uma bolsa de estudos do Imperador dom Pedro II e seguiu para Paris, onde participou da exposição arte mais badalada da época, o Salon Offíciel dês Artistes Français. O pintor produziu cerca de 300 obras, e entre seus quadros mais famosos estão Violeiro, Picando Fumo e Caipiras Negociando, que retratam o dia-a-dia do homem do campo. Almeida Júnior morreu assassinado dia 13 de novembro de 1899, em Piracicaba (SP). Em 1950, 8 de maio foi oficializado como Dia do Artista Plástico Brasileiro.

Fonte:Livro: A origem de Datas e Festas
Autor: Marcelo Duarte
Editora: Panda Books

GESTÃO DO TEMPO

Gestao_do_Tempo_Quadrantes

Com frequência, as correntes que nos aprisionam são mais mentais do que físicas. Isso significa que tudo que vem acontecendo em nossas vidas não vai mudar a não ser que nós queiramos. E o resultado de continuarmos na zona de conforto será o que diz um dos pressupostos da Programação Neurolinguística (PNL), “se você continuar fazendo o que sempre fez, vai continuar obtendo sempre os mesmos resultados”.

A ponte para alcançar os objetivos, sejam eles quais forem, são os 3Ds – desejo, determinação e disciplina – e o mais importante deles é a disciplina. Na vida, acabamos automatizando as coisas: primeiro nós formamos os hábitos, depois nos tornamos escravos deles. Mas, para quem aprendeu a viver, erros são oportunidades para melhorar e não para se lamentar.

A melhor definição que conheço para o tempo não é time is money, mas tempo é vida. Se morássemos no planeta Vênus, o nosso dia teria 5.832 horas, mas como habitamos no planeta Terra, temos 24 horas por dia e 365 dias por ano. Para conseguirmos organizar as nossas vidas e obter maiores resultados, um bom truque é pensar além das 24 horas diárias e ampliar a visão planejando a semana, que é de 168 horas, ou o mês, que totaliza 720. Pensar só no curto prazo nos limita e ao pensar no tempo semanal, mensal ou anual alteramos os nossos paradigmas com relação ao tempo e algumas coisas que pareciam impossíveis de serem feitas se tornam possíveis.

Não saber ou não querer delegar subtrai o tempo de muitos empreendedores. É uma falta de respeito muito grande dos centralizadores de tarefas para com as pessoas ao seu redor acharem que ninguém sabe fazer as coisas melhor do que eles. Esta atitude rouba a oportunidade das pessoas crescerem e assumirem responsabilidades. Para quem acha que é um super-homem ou uma mulher-maravilha, com toda certeza falta-lhe a humildade do filósofo Sócrates, que dizia: “sei que nada sei”.  Comece agora a ganhar muito tempo. Acabe com esse hábito de querer abraçar tudo! Delegue.

Outro cuidado que devemos ter é com os roubadores de tempo. Com quem e com quê você gasta o seu tempo? Og Mandino em seu clássico livro O Maior Vendedor do Mundo aconselha a se obedecer à máxima: “onde houver pessoas ociosas, ali não me demorarei”.

Os que se acham high tech com frequência também se enrolam na gestão do tempo. Temos que ter cautela com as tecnologias digitais e com as badaladas redes sociais. Estudos sobre o uso do tempo revelam que uma pessoa normal, ao sair do facebook, leva em média 8 minutos para retomar ao seu raciocínio anterior.

As revistas populares de negócios com frequência fazem pesquisas ou enquetes reveladoras sobre os hábitos dos seus leitores. Veja o que duas delas descobriram: primeiro que 99% por cento das pessoas procrastinam, isto é, adiam o que sabem que deveria ser feito. Segundo, 80% dos leitores revelaram que “enrolam“ durante o horário do trabalho. É bem provável que esta pesquisa tenha sido respondida no horário de trabalho, inclusive.

Organize-se. Tenha cada coisa em seu lugar e tenha um lugar para cada coisa. Segunda Donna Smalinn, “se você não puder encontrar um objeto em 30 segundos é porque ele está no lugar errado”. Para a autora, “ser organizado pode ser um dom para algumas pessoas, mas qualquer um pode se tornar um, pois é uma escolha”.

A vida é curta e isso tem tudo a ver com organização. Tudo que temos são 24 horas diárias e as nossas escolhas. Mais do que possamos imaginar, a falta de tempo tem muito a ver com as nossas prioridades. Especialistas na administração do tempo aconselham a realização de registros diários para sabermos como estamos gastando o nosso tempo. O mesmo que fazemos quando queremos saber para onde está indo o nosso rico dinheirinho. Já autores mais práticos recomendam um caminho mais curto, porém, aparentemente menos preciso que é a realização de testes disponíveis na internet sobre o uso que fazemos do nosso tempo. Ambos são válidos e proporcionam uma boa conscientização e autoaprendizagem. Depois é só comparar com o padrão apontado pelos especialistas como ideal para distribuição do tempo pessoal. Para as coisas importantes – coisas que produzem resultados recomendam-se gastar cerca de 70% do tempo. Com as coisas urgentes – as coisas que chegam em cima da hora e não podem ser adiadas, em torno de 20%, e com as coisas ou eventos circunstanciais – tarefas desnecessárias, feitas geralmente por comodidade ou por serem “socialmente” apropriadas, os 10% de tempo restante.

Por mais longa que seja uma viagem, se inicia dando o primeiro passo. Comece agora mesmo a se policiar para adquirir consciência de como você emprega o seu tempo. Acreditando ou não, somos bem menos ocupados do que imaginamos.

Fonte: Logística Descomplicada – 06/04/2014

Grifo nosso.

3D PORTÁTIL AS MAQUETES NUNCA MAIS SERÃO AS MESMAS .

 

 

%d blogueiros gostam disto: