Arquivo mensal: setembro 2013

30 DE SETEMBRO

O dia 30 de setembro é um dia especial porque é comemorado o dia da Secretária, da Navegação, do Tradutor e do Jornaleiro. Gostaria de escrever um artigo especial a cada uma dessas categorias, mas de forma breve farei uma postagem única, abrangendo a todos e registrando os meus sinceros cumprimentos pelo desempenho de cada profissional, e pelos resultados alcançados seja de cunho pessoal, profissional ou em favor da sociedade. O nosso Blog costuma priorizar sempre tudo e toda matéria que seja de interesse comum.

Djanira Felipe de Oliveira – Mulher que escreve. Mulher que faz.

dia_secretaria3

DIA DA SECRETÁRIA

Dia 30 de Setembro é seu dia. Aproveitamos a data especial para parabenizá-la pela eficiência e presteza com que atua hoje e nos outros 364 dias do ano. Seu empenho torna nossas atividades mais fáceis. Parabéns, secretária! Feliz dia!

http://www.mensagenscomamor.com/mensagens_cartoes_frases_dia_da_secretaria.htm

30set

DIA DA NAVEGAÇÃO

A presença humana não é apenas sinônimo de devastação. Toda a história do conhecimento segue as trilhas do mar. A navegação começou nos rios e alcançou os estuários, abrindo as portas dos oceanos para o comércio, as grandes viagens, as grandes descobertas. A origem do Brasil como nação está ligada ao mar, às habilidades dos navegantes de além-mar, aos conhecimentos das tribos litorâneas, dos caiçaras de todas as praias de armação do país. Cada um tem sua própria impressão sobre o mar. “O mar pra mim é um… um grande sonho…” Kleber Grübel, oceanólogo Projeto Nema, RS

http://otempoemnoticia.blogspot.com.br/2011/09/dia-mundial-da-navegacao.html

387px-Domenico_Ghirlandaio_-_St_Jerome_in_his_study

DIA MUNDIAL DO TRADUTOR

O Dia Internacional da Tradução é uma efeméride profissional de tradutores e intérpretes. Celebra-se cada ano em 30 de Setembro, dia em que faleceu, em 419 ou 420, São Jerônimo, conhecido como tradutor da Bíblia do grego antigo e do hebraico para o latim (a Vulgata), autor de importantes textos sobre a arte de traduzir1 e, portanto, considerado tradicionalmente o santo padroeiro dos tradutores. A ideia de comemorar oficialmente o Dia Internacional da Tradução foi proposta em 1991 pela Federação Internacional de Tradutores(FIT). Tem como objetivo mostrar a solidariedade da comunidade de tradutores em todo o mundo num esforço para promover internacionalmente a sua profissão, a importância da qual na vida de toda a Humanidade é, desde os tempos da destruição da Torre de Babel, enorme, embora quase imperceptível. A popularidade do Dia Internacional da Tradução, uma oportunidade para manifestar o orgulho de uma profissão cada vez mais imprescindível na era de progressiva globalização, continua a crescer de ano para ano.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_Internacional_da_Tradu%C3%A7%C3%A3o

dia-do-jornaleiro-004

DIA NACIONAL DO JORNALEIRO

A informação, nos dias de hoje, é um bem indispensável.

É através dela que norteamos nossas vidas, que sabemos o que acontece em mundos distantes do nosso. A informação, além de tudo, nos oferece entretenimento.

E não é só aos jornalistas e produtores de um jornal que devemos agradecer pelo fato da informação chegar até nossa casa. Devemos agradecer a milhares de profissionais que trabalham na distribuição dessa informação.

E quando tratamos de jornal impresso, estamos falando do jornaleiro. O jornaleiro pode ser aquele que fica na banca de jornal, que vende todo tipo de material informativo periódico como jornais, revistas, palavras-cruzadas, apostilas etc.

Há aquele jornaleiro que, na maioria das vezes, são crianças ou adolescentes, que vendem jornais nas ruas ou em sinaleiros.

A profissão é reconhecida pelo ministério do trabalho e sua descrição está relacionada na Classificação Brasileira de Ocupações. O jornaleiro que fica em bancas e o que fica nas ruas está incluído como ambulantes.

UFGNet-

http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/setembro/dia-do-jornaleiro.php

Anúncios

DIA MUNDIAL DO PETRÓLEO – 29 DE SETEMBRO

No dia 29 de setembro comemora-se o dia mundial do petróleo.

petroleo1

A palavra petróleo vem do latim, sendo a junção de dois termos: Petra(pedra) e Oleum (óleo), mas também ficou também conhecido como ouro negro.

O petróleo é um óleo natural composto de hidrocarbonetos, formado dentro das rochas sedimentares. Esse processo é possível em decorrência dos fatos da nossa história, como a formação das rochas sedimentares – através da erosão da crosta terrestre – e pelo acúmulo dos restos orgânicos, advindos de destroços vegetais e animais, alojados no fundo do mar há milhões de anos, que se transformaram em petróleo.

A formação de uma jazida acontece porque o petróleo vaza pelos poros de uma rocha, alojando-se em outra pedra que o faz prisioneiro, acumulando-o em grandes quantidades. Uma jazida pode levar entre dez e quatrocentos milhões de anos para se formar.

O primeiro poço de petróleo foi encontrado nos Estados Unidos, no estado da Pensilvânia, no ano de 1859, por um maquinista aposentado, Edwin Drake. Mas registros históricos mostram que o produto era utilizado para embalsamar os faraós do Egito Antigo.

Em virtude de sua importância para a vida do homem e de seu alto valor de custo, o petróleo tornou-se motivo de grandes conflitos mundiais, como a Guerra do Golfo, em 1990, onde o Kuwait fora invadido pelo Iraque, na tentativa de apoderar-se de suas jazidas.

Na verdade, várias guerras no Oriente Médio tiveram o petróleo como fonte de inspiração, ou seja, a luta entre homens pela conquista de maiores riquezas. Por esse motivo tivemos ainda as guerras Yom Kippur (1973), Iram e Iraque, que durou cerca de oito anos (1980 a 1988), além das invasões estadunidenses no Iraque (2003) e no Afeganistão (2001).

Isso acontece porque a região possui cerca, de 65% da reserva mundial de petróleo, seguida pela Venezuela, Rússia, Estados Unidos, Líbia, México, Nigéria, Argélia e restante do mundo.

No Brasil, a maior indústria petrolífera é a Petrobras (Petróleo Brasileiro S.A.), criada no dia 03 de outubro de 1953, pelo presidente Getúlio Vargas. A indústria é responsável pela extração e refino do produto, além dos seus derivados. A especialidade da empresa é a exploração do petróleo em alto mar, em áreas bem profundas.

As plataformas brasileiras montadas em alto mar se dividem em dois grupos: da perfuração e da produção, sendo que essa se divide em fixas ou flutuantes, dependendo da profundidade em que o petróleo é encontrado.

A descoberta de petróleo na camada pré-sal, localizada a 7 mil metros abaixo do nível do mar em uma área de 200 quilômetros de largura e 800 quilômetros de extensão, abrangendo desde o Espírito Santo até Santa Catarina, pode colocar o Brasil entre os maiores produtores mundiais de petróleo.

Por Jussara de Barros – Graduada em Pedagogia

http://www.brasilescola.com/datas-comemorativas/dia-mundial-petroleo.htm

HOJE DIA 25 DE SETEMBRO, O DIA NACIONAL DO TRÂNSITO.

dia do transito4

De acordo com o artigo primeiro,  1º da lei de trânsito em vigor no Brasil, “Considera-se trânsito a utilização das vias por pessoas, veículos e animais, isolados ou em grupos, conduzidos ou não, para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga ou descarga.”

O trânsito é importante para a economia de um país, por interligar produções industriais ou naturais aos consumidores, através dos meios de transporte. Além disso, proporcionando o fluxo de pessoas para o trabalho, escola, médico, diversão, etc.

Pode ser dividido de acordo com as vias que utiliza, sendo terrestres, aéreas ou marítimas, todos controlados por uma legislação específica.

No trânsito, existem os órgãos especiais, que são responsáveis pelos diferentes setores, como: secretarias municipais de trânsito; DETRAN, COTRAN, etc., que são responsáveis pela sinalização e pela manutenção das condições de uso das vias públicas.

As sinalizações de trânsito são universais, adotando-se a mesma simbologia em todo o mundo, a fim de auxiliar os motoristas em suas viagens.

Nas vias terrestres de todo o território nacional, o tráfego é regulamentado pela Lei nº 9.503, que implantou o novo Código Nacional de Trânsito, entrando em vigor a partir de 1997.

Antes disso, as leis de trânsito estavam muito frouxas, pois o Código utilizado era de 1966, que já estava ultrapassado.

Devido ao aumento do número de carros, adquiridos pela população, passamos a enfrentar grandes movimentações nas cidades. Por ter uma lei que não punia casos graves de imprudência no trânsito, muitos motoristas adotaram um estilo violento de dirigir, causando sérios problemas, chegando a causar acidentes graves e mortes.

Com a adoção da nova lei as normas ficaram mais rígidas, exigindo-se uma postura mais ética do motorista, além de determinar fiscalização rigorosa no veículo – no ato do licenciamento do mesmo. Outro artigo importante da lei é quanto à aplicação de multas, com o sistema de pontuação na carteira do motorista, em consequência ao número de multas levadas.

A pontuação varia de acordo com o tipo de multa: quanto mais grave for a infração, maior o número de pontos ganhos. Com isso, o motorista que somar 20 pontos terá sua carteira apreendida, tendo que passar por um curso de educação para o trânsito, com orientação sobre segurança e manutenção da qualidade no trânsito.

São várias as infrações, mas as consideradas mais graves são: dirigir sem a carteira de habilitação, dirigir com velocidade excessiva à determinada, dirigir após o consumo de bebida alcoólica, todas consideradas gravíssimas. Além dessas, as infrações também são classificadas em graves, médias e leves, tendo cada uma a pontuação específica.

Segundo a Lei, a educação para o trânsito deve ser adotada nas escolas, desde as séries iniciais, a educação infantil, transcorrendo pelo ensino fundamental, ensino médio e ensino superior, a fim de educar os cidadãos fazendo-se um trabalho de conscientização dos mesmos.

Fonte:http://www .brasilescola .com

PALESTRA IMPERDÍVEL COM ROBERTA PRADELLA – TEXTO: DJANIRA FELIPE

TEXTO DJANIRA FELIPE PRB MULHER MUNICIPAL RETIFICADO

CONVITE – PRB MULHER MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

Cópia de VERTICAL - APS CONVITE V- DJA 18092013 RETIFICADO

TSE DECIDE QUE MANIFESTAÇÃO POLÍTICA PELO TWITTER NÃO CONFIGURA PROPAGANDA ELEITORAL

image_destaque_interno

Por maioria de votos, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite desta quinta-feira (12) que manifestações políticas feitas por meio do Twitter não são passíveis de ser denunciadas como propaganda eleitoral antecipada. O entendimento seguiu voto do ministro Dias Toffoli, relator de um recurso apresentado pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN) contra multa aplicada pela Justiça Eleitoral do Rio Grande Norte por mensagens postadas por ele em sua conta do Twitter quando era pré-candidato a prefeito de Natal nas eleições do ano passado.

“Não há falar em propaganda eleitoral realizada por meio de Twitter, uma vez que essa rede social não leva ao conhecimento geral e indeterminado as manifestações nela divulgadas”, afirmou o relator. Para ele, as mensagens postadas no Twitter, os chamados tuites, “possuem caráter de conversa restrita aos seus usuários previamente aceitos entre si”.

Os ministros Castro Meira, Luciana Lóssio, Admar Gonzaga e Cármen Lúcia concordaram com o relator. Castro Meira também destacou que, no Twitter, é preciso antes que as pessoas manifestem o desejo de receber as mensagens. “Nesse caso, é uma comunicação restrita, fechada e que não implica no meio de comunicação que é amplamente acessível. O destinatário só recebe se quiser”, disse.

Na mesma linha, a ministra Luciana Lóssio afirmou que, no caso do Twitter, só recebe mensagens “quem vai atrás da informação”, o que é totalmente diferente de um outdoor colocado no meio de uma grande avenida ou de uma rua. “Você passa e é obrigado a ver aquela propaganda.”

O ministro Admar Gonzaga, por sua vez, observou que o Twitter é diferente, por exemplo, de uma propaganda feita por meio de mensagens de spam. “Aí estou sendo invadido na minha privacidade. Eu não autorizei, não forneci o meu e-mail e sou chateado diariamente com propagandas, muitas desagradáveis”, disse.

A presidente Cármen Lúcia reafirmou sua posição no sentido de que o Twitter não se presta como instrumento de veiculação de propaganda eleitoral. “Para mim, (o Twitter) é apenas uma mesa de bar virtual.” Ela acrescentou ainda que querer controlar as mensagens trocadas pelo Twitter “é uma guerra previamente perdida, porque não há a menor possibilidade de se ter controle disso”.

Divergência

Divergiram a ministra Laurita Vaz e o ministro Marco Aurélio. A ministra Laurita disse que se manteria fiel à jurisprudência firmada em julgamento (Representação 1825) realizado pelo TSE em março de 2012, quando foi determinado que é ilícita e passível de multa a propaganda eleitoral feita por candidato e partido político pelo Twitter antes do dia 6 de julho do ano do pleito, data a partir da qual a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997) permite a propaganda eleitoral.

Ela observou que a decisão da Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte considerou que as mensagens postadas por Rogério Marinho demonstram de forma induvidosa a pretensão de promover a sua candidatura ao cargo de prefeito de Natal nas eleições de 2012.

“No julgamento da Representação 1825, de que foi relator o ministro Aldir Passarinho Junior, ficou aqui assentado que o Twitter é meio apto à divulgação de propaganda eleitoral extemporânea porque é amplamente utilizado para divulgação de ideias e informações ao conhecimento geral”, disse.

O ministro Marco Aurélio ressaltou ser necessário reconhecer “a alta penetração” da comunicação via internet e citou a decisão da Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte que apontou a divulgação de discursos proferidos em evento partidário por meio do Twitter de apoio à pré-candidatura de Rogério Marinho. “O fato de se dizer que só recebe a comunicação quem quer não descaracteriza a propaganda antecipada”, concluiu.

Acusação

Rogério Marinho foi acusado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) por postar em sua conta no Twitter pronunciamentos de lideranças políticas do Estado, todas favoráveis à sua pré-candidatura e proferidas em evento realizado pelo PSDB e DEM no dia 1º de junho de 2012 no Estado.

Processo relacionado: Respe 7464

RR/LF

Fonte: www. tse. jus.br /noticias-tse /2013/Setembro/tse-decide-que-debate-politico-pelo-twitter-nao-configura-propaganda-eleitoral

O DIA INTERNACIONAL PARA A PRESERVAÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO É CELEBRADO NO DIA 16 DE SETEMBRO

camadadeozonio

Este dia foi instituído pela Organização das Nações Unidas em 1994, para comemorar a assinatura do Protocolo de Montreal, que ocorreu em 1987. Os países que assinaram este tratado internacional assumiram o compromisso de diminuir a produção de CFCs e outras substâncias responsáveis pela destruição da camada de ozônio.

O Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio tem como objetivo a conscientização para a questão ambiental, mais concretamente para a importância de preservar a camada de ozônio, que protege o planeta Terra dos raios UV. Este dia encoraja a adoção de normas favoráveis ao ambiente, tanto a nível global como a nível regional.

Fonte: http:// www .calendarr .com /brasi l/dia- internacional-para-a-preservacao-da-camada-do-ozonio/

DESPERDÍCIO DE ALIMENTO NO MUNDO É 3º MAIOR EMISSOR DE CO2, DIZ ONU

comida

ROMA, 11 Set (Reuters) – A comida desperdiçada no mundo responde por mais emissões de gases causadores de efeito estufa do que qualquer país, exceto China e Estados Unidos, disse a ONU em um relatório divulgado nesta quarta-feira.

Todos os anos, cerca de um terço de todos os alimentos para consumo humano, aproximadamente de 1,3 bilhão de toneladas, é desperdiçado, juntamente com toda a energia, água e produtos químicos necessários para produzi-la e descartá-la.

Quase 30 por cento das terras agrícolas do mundo, e um volume de água equivalente à vazão anual do rio Volga, são usadas em vão.

No seu relatório intitulado “A Pegada do Desperdício Alimentar”, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e a Alimentação (FAO) estima que a emissão de carbono dos alimentos desperdiçados equivale a 3,3 bilhões de toneladas de dióxido de carbono por ano.

Se fosse um país, seria o terceiro maior emissor do mundo, depois da China e dos Estados Unidos, sugerindo que um uso mais eficiente dos alimentos poderia contribuir substancialmente para os esforços globais para reduzir as emissões de gases do efeito estufa e diminuir o aquecimento global.

No mundo industrializado, a maior parte do lixo vem de consumidores que compram muito e jogam fora o que não comem. Nos países em desenvolvimento, a causa principal é a agricultura ineficiente e falta de instalações de armazenamento adequadas.

“A redução de desperdício de alimentos não só evitaria a pressão sobre recursos naturais escassos, mas também diminuiria a necessidade de aumentar a produção de alimentos em 60 por cento, a fim de atender a demanda da população em 2050”, diz a FAO.

A organização sugere que se melhore a comunicação entre produtores e consumidores para gerenciar a cadeia de suprimentos de forma mais eficiente, bem como investir mais na colheita, resfriamento e métodos de embalagem.

A FAO também disse que os consumidores no mundo desenvolvido devem ser encorajados a servir pequenas porções e fazer mais uso das sobras. As empresas devem dar comida excedente para instituições de caridade, e desenvolver alternativas para o despejo de resíduos orgânicos em aterros sanitários.

A FAO estima o custo do desperdício de alimentos, excluindo os peixes e frutos do mar, em cerca de 750 bilhões de dólares por ano, com base em preços de produção.

O desperdício de alimentos consome cerca de 250 quilômetros cúbicos de água e ocupa cerca de 1,4 bilhão de hectares- grande parte de hábitat natural transformado para tornar-se arável.

(Reportagem de Catherine Hornby)

Fonte: http:// noticias. br. msn. com/ desperd%C3%ADcio-de-alimento-no-mundo-%C3%A9-3o-maior-emissor-de-co2-diz-onu-1

DIA 10 SETEMBRO DIA DO PRIMEIRO JORNAL DO BRASIL

CONHEÇA UM POUCO DA HISTÓRIA DO PRIMEIRO JORNAL A CIRCULAR NO BRASIL

Ontem, 10 de setembro, comemorou-se os 205 anos de fundação do primeiro jornal a ser impresso no país: a Gazeta do Rio de Janeiro

1) Com a mudança da corte portuguesa para o Rio, em 1808, fazia mister a criação de um jornal para informar os nobres.

2)Em breve, no dia 10 de setembro daquele ano (os monarcas chegaram ao Rio em 8 de março), começava a circular a Gazeta do Rio de Janeiro.

3) O jornal era impresso pela Imprensa Régia, órgão que hoje, transmutado na Imprensa Oficial, publica o Diário Oficial da União.

primeiro-numero-da-gazeta-do-rio-de-janeiro-em-10-de-setembro-de-1808

Primeiro número da Gazeta do Rio de Janeiro, em 10 de setembro de 1808

4) Antes da instituição da Gazeta, o acesso a jornais vindos de outros países era não apenas raro, mas proibido por lei, como lembra a pesquisadora Juliana Gesuelli Meirelles.

5) A circulação era, como falava-se na época, bi-hebdomadária – ou seja, duas vezes por semana.

6) As “noticias” eram, basicamente, comunicados oficiais e publicações sobre decisões reais. Mas também havia espaço para notícias sobre política internacional.

7) Por seu caráter oficial, a Gazeta era considerada um jornal parcial e comprometido. A cobertura dos conflitos entre a França e a Inglaterra, por exemplo, era francamente pró-Inglaterra.

8) Em 1821, passou a se chamar apenas Gazeta do Rio.

9) Com a independência do Brasil, em 1822, a publicação foi extinta, substituída pelo Diário Fluminense, criado por Dom Pedro I.

Fonte:http://www .jb. com .br/ lista-d/ noticias/2011/09/11/conh eca-um-pouco-da-historia-do-primeiro-jornal-a-circular-no-brasil/

DIA DO ADMINISTRADOR

Dia do Administrador

DIA DO ADMINISTRADOR

 

O administrador é o profissional que tem como funções:  Planejar, Organizar, Coordenar, Liderar e Controlar as atividades e processos das organizações, visando a proporcionar o desenvolvimento socioeconômico das mesmas, e da sociedade como um todo.

Para o incremento de todas estas funções, é necessário que o profissional Administrador desenvolva habilidades de liderança, e que saiba delegar de forma clara e objetiva. Além disso, é fundamental a habilidade no trato com pessoas.

O papel dos Administradores é essencial para o crescimento e desenvolvimento, ou seja, produtividade e lucratividade das Empresas Públicas, Privadas de todos os níveis, assim como para a sociedade.

Os Administradores são profissionais que atuam em todas as áreas e contribuem para o desempenho estruturado dos processos administrativos, por meio de uma Gestão eficaz.

O dia do Administrador é comemorado em, 09 de setembro, em virtude da criação da lei que constituiu oficialmente a profissão de Administrador no Brasil, em 1965, por meio da Resolução CFA nº. 65/68, de 09/12/68.

Historicamente os primeiros administradores foram os gerentes das companhias de navegação inglesas, em meados do século XVII.

Adm. Djanira Felipe de Oliveira – Mulher que escreve. Mulher que faz.

DIA 7 DE SETEMBRO INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

129_2623-O Grito do Ipiranga

Independência ou Morte: 7 de setembro de 1822 – quadro de Pedro Américo

Introdução

A Independência do Brasil é um dos fatos históricos mais importantes de nosso país, pois marca o fim do domínio português e a conquista da autonomia política. Muitas tentativas anteriores ocorreram e muitas pessoas morreram na luta por este ideal. Podemos citar o caso mais conhecido: Tiradentes. Foi executado pela coroa portuguesa por defender a liberdade de nosso país, durante o processo da Inconfidência Mineira.

Dia do Fico

Em 9 de janeiro de 1822, D. Pedro I recebeu uma carta das cortes de Lisboa, exigindo seu retorno para Portugal. Há tempos os portugueses insistiam nesta ideia, pois pretendiam recolonizar o Brasil e a presença de D. Pedro impedia este ideal. Porém, D. Pedro respondeu negativamente aos chamados de Portugal e proclamou : “Se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico.”

O processo de independência

Após o Dia do Fico, D. Pedro tomou uma série de medidas que desagradaram a metrópole, pois preparavam caminho para a independência do Brasil. D. Pedro convocou uma Assembleia Constituinte, organizou a Marinha de Guerra, obrigou as tropas de Portugal a voltarem para o reino. Determinou também que nenhuma lei de Portugal seria colocada em vigor sem o ” cumpra-se “, ou seja, sem a sua aprovação. Além disso, o futuro imperador do Brasil, conclamava o povo a lutar pela independência.

O príncipe fez uma rápida viagem à Minas Gerais e a São Paulo para acalmar setores da sociedade que estavam preocupados com os últimos acontecimento, pois acreditavam que tudo isto poderia ocasionar uma desestabilização social. Durante a viagem, D. Pedro recebeu uma nova carta de Portugal que anulava a Assembleia Constituinte e exigia a volta imediata dele para a metrópole.

Estas notícias chegaram as mãos de D. Pedro quando este estava em viagem de Santos para São Paulo. Próximo ao riacho do Ipiranga, levantou a espada e gritou : ” Independência ou Morte !”. Este fato ocorreu no dia 7 de setembro de 1822 e marcou a Independência do Brasil. No mês de dezembro de 1822, D. Pedro foi declarado imperador do Brasil.

Bandeira Brasil Império

 Bandeira do Brasil Império. Primeira bandeira brasileira após a Independência.

Pós Independência

Os primeiros países que reconheceram a independência do Brasil foram os Estados Unidos e o México. Portugal exigiu do Brasil o pagamento de 2 milhões de libras esterlinas para reconhecer a independência de sua ex-colônia. Sem este dinheiro, D. Pedro recorreu a um empréstimo da Inglaterra.

Embora tenha sido de grande valor, este fato histórico não provocou rupturas sociais no Brasil. O povo mais pobre se quer acompanhou ou entendeu o significado da independência. A estrutura agrária continuou a mesma, a escravidão se manteve e a distribuição de renda continuou desigual. A elite agrária, que deu suporte D. Pedro I, foi a camada que mais se beneficiou.

Fonte: www. suapesquisa .com / independencia

HOJE É DIA DO CABELEIREIRO

diadocabeleleiro

%d blogueiros gostam disto: