Arquivo diário: 2011/05/30 8:14:10 PM

Genérico nacional de medicamento da AIDS chega ao mercado

Ministério da Saúde anunciou a chegada ao mercado do segundo genérico brasileiro antirretroviral produzido por uma PPP. Também foi anunciada a inclusão de cinco novos medicamentos na lista dos remédios do Programa Farmácia Popular.
Redação ÉPOCA, com Agência Brasil

Chegou nesta terça-feira (17) ao mercado mais um medicamento genérico contra a AIDS produzido por um laboratório brasileiro. O antirretroviral genérico do Tenofovir foi viabilizado por meio de parceria público-privada (PPP) com o objetivo de reduzir gastos governamentais com medicamentos considerados estratégicos para o Sistema Único de Saúde (SUS).

Atualmente, cerca de 64 mil pessoas portadoras do vírus da aids e 1,5 mil diagnosticadas com algum tipo de hepatite fazem uso do remédio. Com o genérico do Tenofovir, dez dos 20 antirretrovirais oferecidos pela rede pública serão fabricados no Brasil.

Os custos de pesquisa para a produção do medicamento ultrapassaram R$ 25 milhões. A estimativa é que a produção nacional do antirretroviral gere uma economia de cerca de R$ 80 milhões por ano aos cofres públicos.

Farmácia Popular

Também nesta terça o governo federal anunciou cinco novos medicamentos para compos a lista dos remédios encontrados nas unidades do Programa Farmácia Popular. São eles: losartana potássica (contra a hipertensão arterial), loratadina (antialérgico), fluoxetina (antidepressivo), clonazepan (ansiolítico) e alendronato de sódio (contra a osteoporose).

Quatro desses medicamentos terão 90% de desconto em seu preço, enquanto que o losartana potássica será distribuído de forma gratuita nas farmácias credenciadas, segundo afirmou o Ministério da Saúde. Agora, 12 remédios, no total, são distribuídos gratuitamente pelo Farmácia Popular.

Ao todo, 547 unidades administradas pelo governo federal, em 431 municípios brasileiros, fazem a distribuição dos remédios. Na rede privada de farmácias e drogarias, o programa recebe a denominação Aqui Tem Farmácia Popular e oferta gratuitamente 25 medicamentos em 2,5 mil cidades.

%d blogueiros gostam disto: